“Se a gente falhar com Kyoto, será uma catástrofe”, diz ambientalista

A primeira fase do Protocolo de Kyoto, que implantou metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, irá se encerrar em 2012. Nem todos os 84 países que assinaram o documento conseguiram alcançar suas metas e a renovação do tratado está sob ameaça. “Se a gente falhar com Kyoto agora, significa que ninguém terá obrigação nenhuma, nem meta. E isso significará uma catástrofe”, diz Claudio Maretti, líder da Iniciativa Amazônia Viva, do WWF.

Leia notícia completa aqui.

Fonte: Terra