Cientistas estudam técnicas para interferir nas mudanças climáticas



Em um período de grande preocupação com o aquecimento global, um grupo de cientistas, filósofos e juristas estuda se intervenções humanas poderiam esfriar artificialmente a Terra – e também o que acontecia se os métodos funcionassem.

Relatório publicado nesta semana em Londres e discutido na Conferência de Mudanças Climáticas, na África do Sul, afirma que – em teoria – a reflexão de uma pequena quantidade de luz do sol de volta para o espaço antes que ela chegue na superfície da Terra teria um efeito imediato. Para conseguir tal façanha seria necessário clarear nuvens com a água do mar, ou borrifar aerossóis no alto da estratosfera, ou ainda pintar telhados de branco.

Leia notícia completa aqui.

Fonte: IG/Último Segundo