Na COP-17, Brasil vira motivo de discussão por aprovar mudança no Código Florestal

São Paulo – No segundo dia da 17ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-17), em Durban (África do Sul) e em meio às discussões sobre Protocolo de Kyoto e seu segundo período de vigência, o debate sobre a REDD (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação) tem avançado na agenda da conferência. Segundo Osvaldo Stela, coordenador do Programa de Mudança Climáticas do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam),  sobre os pontos centrais do mecanismo de redução de desmatamento, o Brasil tem se tornado central na discussão em razão das mudanças na sua legislação ambiental.

Leia notícia na íntegra aqui.

Fonte: Rede Brasil Atual