Onda nas nuvens em Curitiba-PR



[testimonial company=”Curitiba-PR” author=”Rafael Toshio”]Onda nas nuvens.[/testimonial]

 

E o Rafael Toshio nos presenteia com mais uma bela foto: ondas nas nuvens em Curitiba-PR. Esse fenômeno é difícil de fotografar, pois formam-se e dissipam-se com muita rapidez. Como vocês podem perceber, a onda já está se desfazendo e perdendo seu formato original, que era algo muito parecido com a figura abaixo:

Fonte: Wikipedia Commons

Mais informações sobre a imagem acima aqui.

Esse fenômeno tem um nome super difícil: Instabilidade de Kelvin-Helholtz. Esse nome foi dado em homenagem aos cientistas que elaboraram teorias para explicá-lo. Ele pode ocorrer de duas maneiras:

– quando ocorre cisalhamento ao longo de um fluido. Cisalhamento ocorre quando a velocidade de um fluido muda repentinamente de direção ou de sentido*. No caso, a velocidade do vento.

– quando há diferença suficiente de velocidade na interface entre dois fluidos, o que pode ocorrer na atmosfera. Apesar de na prática o fluido ser o mesmo (ar atmosférico), podemos ter duas camadas de ar com densidades e temperaturas diferentes.

Quando pelo menos uma dessas duas coisas ocorre, podemos ter  a formação dessas ondas, que tornam-se visíveis quanto ocorre na região onde também há uma nuvem (normalmente Stratocumulus).

Muito obrigada pela foto, Rafael!

 

Nota:

* no post sobre tornados, falamos sobre cisalhamento. Na atmosfera, o cisalhamento ocorre o tempo todo , verticalmente ou horizontalmente, devido ao movimento das massas de ar.