Cetesb fiscaliza veículos movidos a diesel em ruas e rodovias de SP



Li essa notícia e estou divulgando aqui, pois considero muito importante. São Paulo é uma cidade muito grande que sofre com os efeitos da poluição do ar. A maior parte dos poluentes de nosso ar vem de nossa frota de veículos. Carros, ônibus, caminhões e motocicletas emitem poluentes que afetam a saúde e o bem estar dos moradores da cidade.

Tenho certeza que em algum momento você já deve ter se deparado com um veículo que emite mais fumaça que o normal. Uma fumaça muito escura e de cheiro mais desagradável que o normal. Veículos assim estão desregulados ou com algum outro problema e não estão realizando a queima completa do combustível, por isso emitem essa fumaça horrível.

E essa fumaça não é apenas horrível. Ela faz muito mal para a saúde. O combustível dos veículos pesados, o diesel, é o mais poluente de todos os combustíveis utilizados em veículos automotores. Durante a queima do combustível, são emitidas muitas substâncias tóxicas. Se o veículo for muito velho, estiver desregulado ou estiver usando diesel de qualidade inferior, a poluição é ainda maior.

Fonte: CETESB

 

No entanto, a população pode fazer algo e é exatamente isso que a reportagem aborda. Podemos denunciar caminhões e outros veículos que estiverem emitindo muita fumaça. Quem encontrar veículos emitindo fumaça em excesso também pode denunciar pelo telefone 0800-113560 ou pelo site da Cetesb. O nome desta operação é Fumaça Preta e mais detalhes podem ser lidos aqui.

Para determinar se um veículo está emitindo fumaça fora dos padrões, utiliza-se a Escala Ringelmann. Na imagem acima, é possível ver um fiscal que segura um cartão. Nesse cartão, há um disco com diversos tons de cinza (indo gradualmente do branco para o preto em sentido anti-horário). Essa escala permite determinar, por comparação visual, se a fumaça emitida está em uma densidade adequada.Veja abaixo um breve informativo que explica como usar a escala. Você pode baixar o arquivo e imprimir em uma cartolina. As páginas 1 e 2 deverão ser impressas frente e verso.Note que na página 2, há um disco escuro. O objetivo é que esse fundo escuro evite que o papel fique transparente e a pessoa que for fazer o uso do cartão confunda-se em sua avaliação.

Imprima o arquivo em uma impressora de qualidade, usando a melhor resolução possível para impressão (em minha impressora, vem com o nome ‘Otimizada’) Deixe a parte central do disco vazada, para fazer a comparação  visual, como o fiscal da figura acima. A Escala  Ringelmann é muito interessante pois trata-se de um método simples e barato.

escala_ringelmann