Links de Quinta




Vi aqui.

– Quer conhecer o espaço? Veja as ideias e projeções de empresários britânicos que pretendem ganhar muito dinheiro com turismo espacial.
– Baixe aqui  uma apostila (em inglês) com diversos tópicos de meteorologia operacional. Ensinam a traçar hodógrafas e a interpretar o Vetor Q, por exemplo. Cortesia da @chaserTV.
– A bióloga Vivian Lavender, que trabalha com produção de material didático, dá dicas aos professores que gostariam de produzir suas próprias apostilas com qualidade.
– E se a Terra girasse para o outro lado? Isso teria implicações no clima também! Veja aqui, nesse link da Superinteressante.
– Pesquisas do INPE apontam que o semi-árido brasileiro está aumentando e ganhará uma área adicional do tamanho do Estado do Alagoas até 2070. Essa previsão é para daqui muito tempo, mas as providências precisam ser tomadas agora. Já destaquei aqui no Meteorópole algumas vezes sobre a seca de 2012 (como aqui), que tem sido bastante severa.
– USP procura voluntários para ‘voar em avião virtual’. É uma pesquisa sobre o conforto dos passageiros. Mais informações aqui. Eu já me inscrevi 🙂
– A presidenta falou que vai ressaltar na Rio+20 que o crescimento do Brasil será baseado em Energia Limpa. Tomara que sim, né? No Dia Meteorológico Mundial eu vi algumas palestras sobre o tema. É bastante promissor. Uma dessas palestras que eu vi foi sobre energia elétrica gerada a partir do movimento das ondas e da variação da maré. Meu marido (um grande incentivador do Meteorópole) me mandou este link, que explica direitinho. Um ponto de partida interessante para quem deseja falar sobre isso em um trabalho escolar, por exemplo.
Educação: a opção pelo topo, e não pela base.  Artigo que faz uma análise interessante sobre como os investimentos no ensino superior foram muito maiores do que no ensino básico e sobre como isso fez com que as pessoas que não têm acesso ao ensino superior ficassem despreparadas para o mercado de trabalho e para a sociedade, já que o ensino de base é o que forma o cidadão.
– Muitas das ciências evoluíram do pensamento místico, digamos assim. Alguns exemplos sobre o que quero dizer: a astronomia teve contribuição da astrologia no passado e a química teve suas origens lá na alquimia. Como será que era o laboratório de um alquimista? Veja aqui.
As pinturas mais antigas do mundo tem 41 mil anos!!! O ser humano já anda fazendo sua arte por aí há bastante tempo.
– Tem gente que vê nuvens em formato de cachorrinhos e ovelhinhas. Mas esse cara aqui conseguiu filmar uma nuvem relacionada a um tornado com o formato de uma nave espacial. Os ventos intensos são responsáveis por esculpir a nuvem desta maneira.