Relâmpagos e raios capturados em 7.207 imagens por segundo

Estou fazendo algumas pesquisas e ainda esta semana vou publicar dois posts bem interessantes. Enquanto isso não acontece, deixo vocês com imagens impressionantes. O registro de raios e relâmpagos em 7207 imagens por segundo. É incrível! É possível ver o fenômeno em muitos detalhes. Meu marido me mostrou esse vídeo e logo percebi que poderia ser um excelente material para o Meteorópole!

Um raio-líder escalonado (escalonado, porque é todo ramificado) desce da nuvem. Forma-se então o que é conhecido como o canal do raio, um caminho ionizado e altamente condutor, por onde passam um enorme fluxo de cargas elétricas denominados ‘descarga de retorno’, que formam o raio propriamente dito que surge na sequência (e é bastante luminoso) e aparenta ficar bastante tempo visível, o que na verdade é um efeito da filmagem (lembre que são  7207 imagens por segundo).

Recomendo este excelente material de apoio, de autoria de Marcelo Saba, pesquisador do INPE e especialista em raios. O material de apoio é excelente, e recomendo aos professores que o usem com as imagens abaixo, já que um complementa o outro. Além disso, recomendo também nosso post sobre raios e relâmpagos.

 

Lightning captured at 7,207 images per second from ZT Research on Vimeo.