Cuidado – Baixa umidade relativa em boa parte do país! Dicas importantes

Pessoal, estou escrevendo este post rapidinho porque acabo de obter informações de que segundo a última medição da EM-IAG-USP (13h) a umidade relativa era de 19%. Compreenda o conceito de umidade relativa aqui.

A baixa umidade relativa prejudica nossa saúde. Quando a umidade está muito baixa, alguns efeitos logo são sentidos em nosso organismo:

  • Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas;
  • Sangramento pelo nariz;
  • Ressecamento da pele;
  • Irritação dos olhos.

O chamado Estado de Atenção ocorre quando a umidade relativa fica entre 20% e 30%. Os órgãos ligados a saúde e a defesa civil apresentam algumas recomendações para o Estado de Atenção:

  • Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas
  • Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins etc.
  • Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas etc.
  • Consumir água à vontade.

Quando a umidade relativa está entre 12% e 20%, entramos no chamado Estado de Alerta. Nessas situações:

  • Observar as recomendações do estado de atenção
  • Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas
  • Evitar aglomerações em ambientes fechados
  • Usar soro fisiológico para olhos e narinas

E finalmente, quando a umidade relativa está abaixo de 12%, entramos na situação mais crítica, o Estado de Emergência.Em situações assim:

  • Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta
  • Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência etc.
  • Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas etc entre 10 e 16 horas
  • Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, hospitais etc.

Essas informações foram tiradas do site do Cepagri e devem sempre ser seguidas, para minimizar os efeitos negativos da baixa umidade relativa em nosso organismo.

Em São Paulo-SP: acompanhe no site do CGE os valores de umidade relativa, temperatura e chuva em diferentes bairros da cidade. Também uma excelente dica para professores falarem de meteorologia em suas aulas: usem dados!