Trem de tempestades

Sim, eu estou falando de furacões (tufões, ciclones tropicais..) de novo! Razões porque estou repetindo o tema:

– A temporada dos furacões começou. Climatologicamente, a temporada de furacões ocorre de agosto até outubro-novembro, pois, dentre outras razões, é quando as águas do Golfo do México estão mais quentes.

– Sou dessas pessoas que de vez enquando ficam obcecadas por um determinado assunto :).

– Furacões são muito legais

E agora há pouco vi uma linda imagem na página do Facebook da NASA’s Hurricane Web Page:

 

A imagem acima foi obtido pelo satélite GOES-13, da NOAA. A imagem é referente ao dia 09/08/2012 (hoje!), as 14h45min do horário de Brasília. Aqui podemos ver os restinhos da tempestade tropical Ernesto (que chegou a ser furacão de categoria 1). Vemos também o que sobrou de Florence (que brevemente foi um furacão de categoria 1, agora é apenas uma tempestade tropical). Vemos também o que chamam de System 92L, uma região de depressão tropical e que tem chances elevadas de transformar-se num ciclone tropical (furacão!) nas próximas 48h, de acordo com os meteorologistas do NHC.

E por último, vemos indicada uma região de baixa pressão nas proximidades da costa norte-africana (indicado na figura por African Low). Essa  área de baixa pressão certamente se deslocará em direção ao golfo do México e pode, nos próximos dias, se transformar em uma depressão tropical e então transformar-se em um furacão.

Quando esse tipo de configuração com vários furacões, tempestades tropicais e depressões tropicais enfileirados ocorre, os meteorologistas chamam de trem. Um trem de tempestades!

Achei essa imagem tão linda e didática, por isso compartilho com vocês. E clique aqui para saber porque os furacões possuem nomes.