Onda de calor em São Paulo e Paraná



Hoje tivemos recordes de temperatura em diversas cidades de São Paulo e do Paraná.  As temperaturas elevadas estão ocorrendo desde ontem e já chamam de onda de calor.

Na verdade, a onda de calor está assolando o país inteiro. Temperaturas superiores a 40°C foram registradas em estados Região Centro-Oeste e da Região Norte e Nordeste. Esta semana, o calor foi recorde em diversas cidades do Piauí.

Vou mencionar principalmente as temperaturas máximas em São Paulo e no Paraná porque os moradores destes estados não estão acostumados com tanto calor. Além disso, são os dados que tive acesso e pretendo falar sobre eles.

Temperaturas elevadas são comuns essa época do ano nesses dois estados. A quantidade de radiação solar incidente tem aumentado desde o final do inverno. Além disso, as chuvas ainda não chegaram com força. As chuvas de verão no final da tarde acabam reduzindo um pouco a temperatura, deixando as tardes um pouco mais frescas.

O meteorologista Lizandro Jacóbsen, do SIMEPAR, divulgou em sua página do twitter a  máxima temperatura obtida em Curitiba hoje: 35,0°C! Jacóbsen comparou com os outros recordes da cidade: 34,8ºC em 16/1/2006 (Simepar); 35,2ºC em 17/11/1985 e 34,8ºC em 08/1/1958 e 17/2/1975 (INMet). Ou seja, o valor obtido hoje em Curitiba trata-se muito provavelmente do recorde absoluto de temperatura para esta cidade!

Em São Paulo, obtivemos valores impressionantes. Na estação do INMET, localizada no Mirante de Santana, foi registrado 36,1°C.

Na estação do IAG-USP, localizada no bairro da Água Funda, foi registrada temperatura máxima de 35,4°C. Não trata-se do recorde absoluto (35,6°C em 7 de dezembro de 1940) mas já se igualou a maior temperatura obtida em um mês de outubro (35,4°C em 13 de outubro de 1994).

Recordes de temperatura em São Paulo. Fonte: Estação Meteorológica do IAG-USP

Eu detesto o calor! Já mencionei isso algumas vezes aqui no meteorópole. Fiz um levantamento das maiores temperaturas da Estação Meteorológica do IAG-USP. Trata-se de uma lista de todos os dias com temperaturas acima de 35,0°C. Chamo carinhosamente  de LISTA DO HORROR e tenho certeza que o querido Renan Tristão do Abaixo de Zero (que leu minha mente enquanto eu escrevia esse post) vai concordar comigo quanto ao nome carinhoso da lista:

1940-12-04 21:00:00 35 °C
1940-12-07 15:00:00 35 °C
1940-12-07 21:00:00 35.6 °C
1940-12-09 15:00:00 35 °C
1940-12-09 21:00:00 35 °C
1944-10-09 15:00:00 35 °C
1944-10-09 21:00:00 35 °C
1958-11-16 15:00:00 35.5 °C
1958-11-16 21:00:00 35.5 °C
1961-09-20 15:00:00 35.1 °C
1961-09-20 21:00:00 35.1 °C
1961-09-21 14:00:00 35.1 °C
1961-09-21 15:00:00 35.1 °C
1961-09-21 21:00:00 35.1 °C
1972-10-27 15:00:00 35 °C
1972-10-27 21:00:00 35 °C
1988-09-25 15:00:00 35.2 °C
1988-09-25 21:00:00 35.2 °C
1988-09-27 14:00:00 35.2 °C
1988-09-27 15:00:00 35.3 °C
1988-09-27 21:00:00 35.3 °C
1990-11-15 15:00:00 35.1 °C
1990-11-15 21:00:00 35.1 °C
1993-11-16 21:00:00 35 °C
1993-12-04 21:00:00 35.2 °C
1994-09-24 21:00:00 35 °C
1994-10-13 14:00:00 35 °C
1994-10-13 15:00:00 35.4 °C
1994-10-13 21:00:00 35.4 °C
1999-01-19 15:00:00 35.1 °C
1999-01-19 21:00:00 35.4 °C
1999-01-20 15:00:00 35.1 °C
1999-01-20 21:00:00 35.1 °C
2000-10-23 15:00:00 35.2 °C
2000-10-23 21:00:00 35.2 °C
2002-10-10 21:00:00 35 °C
2002-10-11 15:00:00 35.2 °C
2002-10-11 21:00:00 35.2 °C
2002-10-16 15:00:00 35 °C
2002-10-16 21:00:00 35 °C
2003-12-16 21:00:00 35.1 °C
2007-10-21 15:00:00 35.1 °C
2007-10-21 21:00:00 35.1 °C
2007-12-30 21:00:00 35.1 °C
2012-02-29 21:00:00 35.1 °C
2012-03-01 21:00:00 35.1 °C

Reparem que o valor obtido hoje (35,4°C) corresponde ao novo recorde do ano de 2012. O recorde anterior era 35,1°C registrado no dia 29 de fevereiro e 01 de março.

As cidades do interior de São Paulo registraram temperaturas ainda mais altas. Ribeirão Preto quebrou o recorde de todos os tempos de medições, alcançando a incrível marca de 43,6ºC, citando aqui as palavras do Renan. 43,6°C não pode ter outro nome: é incrível.

Bom, a onda de calor deve persistir pelos próximos dias. Bebam bastante água, e evitem exposição ao Sol entre as 10h e as 16h. Usem protetor solar, sempre!