Xournal: fazendo anotações em seus pdf’s

Essa dica é especial para quem usa Linux, especialmente para aqueles que usam a distribuição Ubuntu (a mais amigável, a mais bonita, a mais fácil de usar e a mais fácil de instalar). Eu estou com uma mania atual chamada: odiar papel. Apesar de amar livros e revistas, papéis avulsos me irritam muito. Recentemente dei uma aula de laborátório e pedi para que os alunos me mandassem os trabalhos no formato pdf. Nada de papel! O ambiente agradece.

Então fiquei pensando: como corrigir esses trabalhos? Inicialmente pensei em criar um arquivo para cada aluno, onde escreveria a nota e meus comentários. Mas eu queria unir o tradicional e o moderno. Então pensei que poderia existir uma forma de escrever sobre o pdf: desenhar setas, círculos, escrever em caixas de texto, etc.

Depois de uma pesquisa, descobri o Xournal. Os usuários de Ubuntu  podem baixá-lo e instalá-lo facilmente do Synaptic Package Manager, fazendo uma busca por “xournal” . Para executá-lo, basta digitar xournal no terminal ou acessar o ícone através de Acessórios.

Quando você executa o programa, a tela do Xournal aparece com linhas que imitam um caderno. É porque o Journal pode ser também um bloco de notas. Vocẽ pode escrever o que quiser (a barra de ferramentas é muito simples) e salvar com a extensão .xoj.

Mas o que me interessa é: ele abre arquivos de outros formatos, incluindo arquivos .pdf. E eu posso editar esses arquivos, salvá-los no formato .xoj ou exportá-los para o formato .pdf. Veja abaixo um exemplo de edições que posso fazer. A minha necessidade era corrigir trabalhos, mas pode ser usado como uma espécie de marca-textos para quem precisa ler livros ou apostilas em formato .pdf.

Eu adorei. É simples, muito fácil de usar, a barra de ferramentas é facílima de compreender, é gratuito e é fácil de instalar. Recomendo.