Puxão de orelha bem dado!



Cresce o número de pessoas que negam que a atividade humana é uma grande responsável pelas mudanças climáticas. Infelizmente, conheço colegas meteorologistas que fazem parte deste time.

Apesar de todas as evidências indicando que as atividades humanas modificaram o clima, alguns colegas continuam dizendo que é tudo uma farsa. Usam essa palavra: farsa. Há até um brasileiro que ficou muito famoso, participando de programas de entrevista e usando seu largo sorriso e lábia de um vendedor de porta em porta,  dizendo aos quatro cantos que todos os pesquisadores que estudam as mudanças climáticas não são profissionais.

Recentemente, Bob Ryan (Ex-Presidente da AMS – Sociedade Meteorológica Americana) e John Toohey-Morales (Comissário de Assuntos Profissionais da AMS) escreveram uma carta aberta, criticando a atitude de profissionais (meteorologistas e outros profissionais que estudam climatologia) que contrubuem, conscientimente ou não, para negar o aquecimento global. O Prof.Dr. Alexandre Costa, da Universidade Estadual do Ceará, traduziu este comunicado e publicou em seu blog.

Um importante alerta que devo fazer: já ouvi alguns professores de geografia e ciências do ensino fundamental e médio negando o aquecimento global, infelizmente. Muitos deles fazem isso com a equivocada ideia de que estão esclarecendo seus alunos. É um engano terrível, que pode ter consequências muito sérias no futuro profissional das crianças e adolescentes. Eu diria que negar o aquecimento global em sala de aula é muito equivalente a ensinar o criacionismo no lugar da teoria da evolução.

A carta desses importantes cientistas pode ser complementada com as palavras dos professores da USP Tércio Ambrizzi e Paulo Artaxo, publicada há alguns meses no Jornal da USP. Essa carta foi um delicado tapa de pelica no Prof. Ricardo Felicio, também docente da USP. Felício é o dono do largo sorriso e da lábia de vendedor de porta em porta, que em 2012 prestou um enorme desserviço a ciência aparecendo em alguns programas popularescos de TV negando o aquecimento global. Pois é gente, o tal apelo à autoridade é algo muito sério. Imagino que muitas pessoas assistiram as aparições de Felício e disseram nos churrascos de família: “O prof da USP disse, então é verdade”.

Tento fazer a minha parte para que as pessoas tenham informações científicas e aprendam. Sempre busquem informação de qualidade e enriqueçam seus conhecimentos com muita leitura. Creio que apenas com o conhecimento é possível filtrar informações equivocadas.

climate

 

E recomendo sempre o blog do Prof. Dr. Alexandre Costa.