Terça-feira com links :)

Ok, ok, mais um post com agregação. E nem estou falando em agregação, nome dado ao processo de formação dos flocos de neve dentro da nuvem. Primeiro forma-se os cristais de gelo. Estes cristais crescem posteriormente por deposição de vapor d’água sobre eles até que atingem dimensões que permitam que se choquem e se juntem uns aos outros, para formarem estruturas maiores, que são os flocos de neve.

Estou falando de agregação sem-vergonha mesmo, daquelas em que a gente vai achando coisas legais pela internet e vai agregando em seu próprio site, transformando-o em um elegante monstro pela blogueira Frankenstein. Vamos aos pedacinhos do dia:

  • O mais novo texto que escrevi para o portal Uma Mãe das Arábias. O texto dá uma dica ótima de passeio para quem está em São Paulo-SP e gosta de ciências, natureza e arquitetura art déco. Além disso, proponho uma reflexão sobre passeios com crianças. Por que as pessoas continuam levando seus filhos para passeios em shoppings? Será que só existe esta opção?
  • Ontem, eu fiz um post em homenagem as vítimas do incêndio na Kiss, em Santa Maria. Mencionei que duas das vítimas fatais eram meteorologistas. A tragédia mostra algumas faces do ser humano. Mostra, em primeiro lugar, o quanto somos solidários. Li mensagens de carinho por parte de pessoas de diversos estados, países, religiões, culturas, etc. Vi, pelos noticiários, notícias de anônimos que foram prestar auxílio às vítimas: psicólogos voluntários, gente que foi levar lanche e café para os familiares, pessoas que ali no momento da tragédia ajudaram a quebrar as paredes do prédio, pessoas que foram doar sangue para as vítimas hospitalizadas, etc. Infelizmente, também li alguns religiosos falando abobrinhas (ah, se esses jovens estivessem na igreja) e também li ateus falando bobagem (ah, do que adianta dizer ‘Que Deus conforte os corações’ ).Uma amiga querida minha a Débora, disse certa vez que a internet pode despertar o pior das pessoas. Infelizmente, quando coisas assim acontecem, acho que ela tem razão. Esse cara disse algumas coisas interessantes e eu concordo com ele.
  •  Quando eu era criança (anos 80/início dos anos 90) a situação econômica do Brasil era ruim. Minha família não tinha poder aquisitivo para comprar brinquedos caros. Não acho que isso tenha me feito falta. Também tenho a impressão que o apelo da propaganda era muito menor. Eu lembro que as vezes meu pai trazia revistas em quadrinho para mim (a maioria era da Turma da Mônica ou Duck Tales). E essas revistinhas eram recheadas de propaganda. A maioria das propagandas eram de brinquedos e produtos que minha família não podia comprar, então eu ignorava aquelas imagens. A propaganda em gibis era algo muito comum e acredito que dava uma boa visibilidade ao produto na época. Semana passada, vi circulando pelo twitter um blog que agrega diversas propagandas em gibis antigos. Vale a pena conferir! Se você tem a minha idade, vai ter aquele sentimento de nostalgia. Se você for mais novo, vai achar tudo muito esquisito.
  • Os editoriais de moda de revistas famosas e de grande circulação normalmente mostram apenas fotografias de modelos brancas, magras e de cabelo liso. A Jarid escreveu há alguns meses um lindo texto sobre a valorização de de todos os corpos e de todas as belezas. No texto, Jarid menciona alguns passos favoráveis que todos nós precisamos dar para que possamos nos valorizar (e valorizar o outro). Dentro desta perspectiva, encontrei recentemente um tumblr sobre beleza negra. São fotos lindas, de modelos maravilhosas que não tem espaço nas grandes revistas de moda. Recomendo 🙂

Há algum tempo, todas as quintas-feiras eu fazia uma seleção de links e chamava carinhosamente de “Links de Quinta”. Como eu atualizo esse blog sem uma frequência constante e pré-determinada, vi que essa história de juntar links todas as quintas-feiras não estava funcionando. Então resolvi ir escrevendo textos sobre achados da internet na medida em que esses achados forem chegando até mim. Espero que aproveitem a seleção do dia. Como vocês podem ver, ficou bem eclética: moda, saudosismo, notícias atuais e texto novo no Mãe das Arábias.

Beijos e boa terça-feira!