“Meteoro” cai na Rússia e deixa centenas de feridos

Muitas pessoas se assutaram com a notícia de que um “meteoro” caiu na Rússia e deixou centenas de feridos (leia mais aqui). Meu objetivo nesse post é alertar: muitos jornalistas estão usando a palavra errada para se referir a este fenômeno.

Repare que coloquei a palavra “meteoro” entre aspas, no título e no parágrafo acima. Fiz isso porque o uso da palavra meteoro na notícia d’O Globo (e de outros portais de notícias, não foi apenas neste) está completamente errada!

O meteoro não caiu. Um meteoróide estava no espaço, vagando por aí. Quando atingiu a superfície da Terra, passou a se chamar Meteorito. Meteoro é apenas o fenômeno luminoso.

Na verdade, a palavra meteoro significa qualquer fenômeno que ocorra na atmosfera terrestre. Uma nuvem, um raio, um rastro luminoso deixado por um meteorito… todos são meteoros!

Sendo assim, o fenômeno luminoso meteoro não ‘cai’. O título da manchete d’O Globo (que propositalmente foi título desta postagem) não faz sentido nenhum.

Eu sei que todo mundo usa a palavra meteoro para se referir ao conjunto todo (brilho+fragmentos de asteróides+destruição). Mas o fato de ser usada por todo mundo, não significa que a aplicação da palavra está correta! Os jornalistas precisam informar com qualidade e precisão. E eu acredito que os meios de comunicação, além do poder esclarecedor, podem ensinar, acrescentar conteúdo na vida das pessoas. E para que isso aconteça, a informação precisa ser correta.

Portanto, antes de traduzirem qualquer coisa de sites internacionais (porque eu sei que vocês fazem isso..rs), sugiro que procurem especialistas na área e façam perguntas! Aprendam para ensinar.