Tipos de precipitação e outros temas em material da UFRGS

Conheço pessoas que procuram material de Meteorologia em português na web. E essa é uma tarefa bem difícil, já que a maior parte do conteúdo de qualidade que encontramos está  em inglês.

A verdade é todo estudante universitário precisa ter no mínimo um nível intermediário deste idioma. Muita gente critica minha opinião, mas se vocẽ quiser fazer boas pesquisas e ter acesso a bom material, você conseguirá isso apenas se aprender inglês. Não sei como é nas outras áreas, mas posso dizer com certeza que estudantes de Física e Meteorologia precisam de inglês intermediário, pelo menos.

No entanto, graças aos esforços de alguns professores, é possível encontrar material em português. Recentemente, descobri a página do Laboratório de Meteorologia e Qualidade do Ar, da UFRGS. Além de apresentar a previsão do tempo para o Estado do Rio Grande do Sul usando o modelo meteorológico BRAMS, a página apresenta material para download. Destaco especialmente este material sobre Nuvens, Precipitação e Balanço Hídrico. É um material bastante introdutório, fala sobre tipos de precipitação, classificação de nuvens e ciclo d’água. Certamente ajudará muito quem precisa fazer uma pesquisa sobre o assunto. Recomendo o uso deste material em sala de aula. Tivemos chuvas intensas ontem, na maior parte de São Paulo-SP. Outros Estados, como Mato Grosso do Sul, também tem áreas sendo fortemente atingidas pelas chuvas. Os professores devem aproveitar esses momentos para falar sobre o assunto.

Outro material em português que considero muito bom são as notas de aula da Prof. Alice Grimm, professora de Meteorologia Básica da UFPR. Apesar de ser Meteorologia Básica, é um curso voltado bara alunos do bacharelado em Física. Sendo assim, há uma abordagem bem quantitativa dos temas, com muitas equações, embora boas descrições sejam apresentadas. Alunos de bacharelado em Meteorologia (ou de bacharelado em Física) acharão o material ótimo. Talvez alunos de Geografia, Pedagogia ou outras cadeiras da área de humanas não gostem muito…rs, já que estão mais acostumados com abordagens bem descritivas, mas ainda assim, vale a pena ler o material.