Planetário do Parque do Carmo: um absurdo

Quem conhece São Paulo sabe que é uma cidade enorme. Quem gosta de astronomia, pode aproveitar o planetário no Ibirapuera, mas é longe demais para quem mora na Zona Leste, por exemplo. O Planetário do Ibirapuera sempre funciona direitinho, com cursos e ótimas exposições.

O Planetário do Parque do Carmo foi inaugurado em 2005. Não funcionou nem por um ano e vive dando problemas. São problemas estruturais, problemas nos equipamentos, problemas hidráulicos, etc. Até problemas de fungos nas lentes foram detectados, o que é um absurdo, pois mostra total descuido com o equipamento.

Foram gastos 16 milhões de reais para construir a estrutura e para implantar os equipamentos. Meu amigo @vlamirjr me passou dois vídeosde 2008, de quando o Planetário do Parque do Carmo foi assunto no programa CQC, no quadro Proteste Já:

No último dia 19 de abril, o assunto foi tema novamente do SPTV. Veja o programa aqui.

Minha pergunta é: por que conseguem manter um planetário em funcionamento no Ibirapuera, mas não conseguem manter um em Itaquera? A cidade de São Paulo tem um histórico infeliz em favorecer alguns bairros e desfavorecer outros.

Quem vem até São Paulo e visita o Ibirapuera, Jardins, Av. Paulista e entornos tem uma ideia completamente mentirosa sobre a cidade. É uma cidade que limita o acesso de seus cidadãos à cultura e qualidade de vida.

O que acho interessante é que o Planetário do Carmo possui inclusive verbete na Wikipedia, onde dizem que “é o planetário mais moderno da América do Sul e um dos mais modernos do mundo, com uma altíssima tecnologia”. Nesse link da Prefeitura, comparam sua tecnologia àquelas disponíveis em Nova York ou Europa. De nada adianta tanta tecnologia se a população não tem acesso. É dinheiro desperdiçado, como tantas vezes ocorre no Brasil.

Há algum tempo, soube dessa petição. A população clama pelo direito de usar o planetário. A população está fazendo sua parte, procurando os programas de TV, procurando jornalistas e fazendo petições. A prefeitura não está fazendo sua parte!