Leitura recomendada do dia: professora brasileira no país n°1 em educação

A Finlândia é um país que sempre aparece no topo de rankings que classificam o ensino. O segredo é a valorização do professor. O professor tem liberdade para trabalhar, tem benefícios interessantes, bom salário, oportunidades de cursos e boas condições para trabalhar.

A educação é o pilar da sociedade e os finlandeses observam isso há tempos. O professor é valorizado. Por trás de qualquer profissional existe um professor!

A professora Luciana Pölönen mudou-se para a Finlândia para fazer mestrado.  Acabou ficando definitivamente naquele país e hoje trabalha lá como professora, atividade que já exercia no Brasil. Luciana é formada pela UFBA. Leia a história toda aqui.

Outra coisa interessantíssima da reportagem é que não falam de recursos tecnológicos diferentes ou ‘inovadores’. A valorização do professor é tido como ponto principal para o sucesso do sistema educacional finlandês. O Brasil deveria copiar!