Aviso importante: frio extremo em parte da Região Sudeste na semana que vem!

É bastante difícil conseguir arrumar tempo para tratar de todos os assuntos relacionados à meteorologia aqui no Meteorópole. O blog é feito apenas por mim (e com ajuda de queridos colaboradores e apoiadores) e não é minha única atividade. Mas o querido leitor, colaborador e amigo Renan Tristão me lembro de algo muito importante, que eu já tinha começado a acompanhar: previsão de frio muito intenso em boa parte das Regiões Sul e Sudeste!

Há inclusive previsão de neve na Serra Gaúcha e Catarinense. Além de neve, sincelo e escarcha podem ocorrer!

Hoje pela manhã (por volta das 7h30min) eu vinha para o trabalho. Logo que acordei, o céu estava limpo e a temperatura estava agradável. Por volta das 7h30min – 8h00min, notei que uma camada de nuvens Sc/St começou a surgir. Logo em seguida, o céu ficou completamente encoberto. Isso já indica que a frente fria está se aproximando (está bem pertinho, na verdade):

Nuvens ao longo de uma frente fria. Reparem que a área com ar quente (São Paulo-SP, no nosso caso) possui nuvens tipo Cs (Cirrostratus) no céu. Fonte: adaptado de Thomson Higher Education

Nuvens ao longo de uma frente fria. Reparem que a área com ar quente (São Paulo-SP, no nosso caso) possui nuvens tipo Cs (Cirrostratus) no céu. Fonte: adaptado de Thomson Higher Education

As frentes frias começam a dar notícias de sua aproximação com nuvens altas, como Ci/Cs. As nuvens vão ficando mais baixas, até termos um céu tomado por nuvens Sc/St. A frente fria pode vir acompanhada de chuva e em casos assim temos nuvens Cb (cumulonimbus).

Quando falamos que uma frente fria vai chegar, não significa que o frio virá durante a passagem da frente. Durante a passagem da frente, a gente espera tempo instável e com possibilidade de chuva. Depois que a chuva passa é que o frio aparece! Para vocês terem uma ideia, consultei (hoje pela manhã) a previsão do CPTEC/INPE para minha cidade (São Paulo-SP):

previsao_cptec_frenteReparem como, segundo a previsão do CPTEC/INPE, o tempo fica muito instável entre domingo e segunda (com probabilidade de chuva). Na terça-feira e principalmente na quarta-feira a temperatura vai cair bastante. Há previsão de mínima de 5°C e máxima de apenas 14°C. Sendo assim, preparem seus casacos!

A Defesa Civil decreta estado de atenção quando a umidade relativa está muito baixa, quando as chuvas estão muito intensa e o nível dos rios está muito acima do valor médio e quando a temperatura está muito baixa. A Defesa Civil de São Paulo (e de outras cidades) inclusive divulga boletins com alertas. A Defesa Civil também atua em parceria com órgãos de Serviço Social, para cuidar da população carente e da população de rua. A população de rua é uma realidade muito triste, principalmente nas grandes cidades. Aqui em São Paulo, quem já andou pelo centro durante a madrugada já deve ter visto a enorme quantidade de pessoas que se juntam sob marquises (ou qualquer cantinho), abrigando-se da chuva e do frio.

Aqui em São Paulo-SP temos a Campanha do Agasalho. Sei que há iniciativas semelhantes em diversas localidades brasileiras. Se você tem um casaco que não usa mais e está em bom estado, doe! As caixas de doação estão em diversos locais. Vejo muitas em estações do metrô. Se você conhece o trabalho de alguma instituição de caridade, pode também realizar a doação através dessa instituição.

Como as frente frias vem do sul do país, os estados da Região Sul são os primeiros a sentirem os efeitos. da frente. Peguei por exemplo a previsão pada São José dos Ausentes, cidade da serra gaúcha. Além de estar mais ao sul, essa cidade também está localizada em altitude elevada, então o frio é mais intenso:

previsao_sao_jose

Percebam como em São José dos Ausentes-RS, a frente fria passa primeiro: a chuva já começa hoje (sexta-feira), se estenderá por todo fim de semana e já na segunda a temperatura começa a cair. Essas temperaturas mínimas negativas do início da próxima semana indicam a probabilidade de ocorrência de  neve. Como neve é um fenômeno relativamente raro no Brasil (mesmo nas serras gaúcha e catarinense, não é sempre que ocorre), é algo que chama a atenção da imprensa e atrai turistas. É muito provável que no início da semana que vem, vejamos fotos de neve, turistas aproveitando na neve, sincelo, escarcha, pequenos cursos d’água parcialmente congelados, etc.

Bom, vou ficar esperando o frio e as fotografias. Agasalhem-se 🙂