Areia do Saara na América do Sul :)



A Flávia me mandou um link bem interessante: Grãos de areia do Deserto do Saara vão chegar na América do Sul. É claro que é uma quantidade bem pequena de grãos e talvez alguns pilotos de avião vejam uma coloração marrom clara enquanto voam sobre o Oceano Atlântico e provavelmente essa areia não vai atrapalhar os vôos.

Esses grãos de areia são trazidos para a América do Sul principalmente pelos ventos alíseos, nome dado aos ventos das proximidades da linha do Equador.  Muitos desses grãos de areia certamente serão núcleos de condensação de tempestades da Região Amazônica e de demais regiões do norte da América do Sul e sul da América Central.

No vídeo abaixo, que trata-se de uma animação de imagens de um satélite da NOAA, é possível ver a pluma de poeira do deserto atravessando o Oceano Atlântico. A NOAA também possui um modelo matemático especializado em aerossóis, o  NOAA NGAC. E de acordo com esse modelo, a previsão é de que realmente ela atravesse o Atlântico e chegue até a América do Sul.

A animação foi feita usando imagens de 31 de julho até 03 de agosto.

Poeira do Saara costuma viajar por aí com certa frequência, dependendo da direção e da intensidade do vento. Nesse post do começo do ano, poeira do deserto do Saara (na região da Líbia) atravessava o Mar Mediterrâneo, chegando no sul da Europa.