Neve em São Paulo: quando um post que você escreveu auxilia em uma boa reportagem



O inverno acabou (astronomicamente falando), mas o frio continua. Consequência da nebulosidade e do tempo chuvoso. Como ainda estamos em espírito de frio, vou falar sobre neve, mais especificamente sobre neve em São Paulo (de novo, de novo rs).

Eu tenho observado que muitos repórteres tem percebido que blogs são ótimas ferramentas de comunicação. Alguns possuem seus próprios blogs, onde divulgam seus trabalhos. Outros, usam blogs bem escritos como referência em suas reportagens.

Há pouco tempo atrás, era considerado ‘vergonhoso’ linkar um blog em uma reportagem de um grande portal. Na verdade, alguns grandes portais ainda tem a vergonhosa prática de não dizer quais referências utilizaram. Um blog é uma ferramenta de comunicação, que pode ser usado por profissionais ou entusiastas de diversas áreas. Existem diversos blogs bem escritos, nos mais diversos temas. Há pessoas que realmente dedicam-se a criar material para seus blogs pessoais, como hobby ou de maneira profissional.

Eu me esforço para fazer um trabalho razoável no Meteorópole. Não sou uma grande escritora. Na verdade, eu acho que escrevo mal. Não cometo muitos erros ortográficos ou de concordância, é verdade. Mas creio que ainda me falta fluidez e eficiência. Talvez isso seja algo que a gente ganhe com a prática. Fico imensamente satisfeita quando vejo que meu esforço gerou outros conteúdos. Recentemente, soube do blog “Do Fundo do Baú”, de Paulo Teixeira Jr. Como o nome sugere, é um blog que resgata histórias antigas, especificamente da cidade de São Paulo. Há alguns meses, ele aproveitou o frio para falar da suposta ocorrência de neve na cidade de São Paulo. Veja a postagem dele aqui.

Paulo resgatou textos antigos de jornal do final de junho de 1918. Foram dias bem frios na nossa cidade. E especificamente no dia 25 de julho de 1918, surgiu uma lenda: neve em São Paulo. Em julho de 2011 escrevi um post sobre o assunto em meu abandonado blog do Stoa. Deixei de escrever no Stoa por motivos bem diversos (apesar de ter adorado a iniciativa da USP): excesso de trolls nos comentários (quem mandou falar mal de Adauto Lourenço); sistema estranho e dificuldade pessoal em personalizar o blog. Além disso, com o Meteorópole eu tenho um domínio 🙂 e eu curto sim essa história de individualidade (com moderação rs).

 Acontece que Paulo colocou o link para meu texto em sua reportagem. Eu fiquei tão feliz :). Uma coisa muito simples – e bastante óbvia e cortês – , mas que infelizmente não é prática muito comum em portais de grandes sites de noticias. Eu adorei o texto do Paulo, principalmente pelos recortes antigos de jornal:

 

Notícia de 26 de junho de 1918.
Notícia de 26 de junho de 1918 d’O Estado de São Paulo
Também d'O Estado de São Paulo, da mesma data (26/06/1918). A tabela, com dados observados, mostra as temperaturas mínimas registradas (todas bem próximas de 0°C) em diversos pontos da cidade. Também indica a ocorrência de geada em diversos pontos.
Também d’O Estado de São Paulo, da mesma data (26/06/1918). A tabela, com dados observados, mostra as temperaturas mínimas registradas (todas bem próximas de 0°C) em diversos pontos da cidade. Também indica a ocorrência de geada em diversos pontos.

Eu voltei a falar sobre Neve em São Paulo aqui no Meteorópole. Eu aproveitei o gancho deixado pelo post do Stoa e escrevi sobre o assunto neste post do Meteorópole.

Gostaria de agradecer ao Paulo por ter me linkado e gostaria de parabenizá-lo pelo texto.