Como produzir conteúdo bacana? – 10 dicas



Outro dia, logo que saí do trabalho, precisei passar em alguns lugares antes de ir pra casa. Infelizmente, eu havia esquecido o livro que estou lendo (é o Volume 2 do Guia do Mochileiro das Galáxias). Como não tinha no que me concentrar, fiquei apenas pensando na vida..rs. Eu ouvi duas moças conversando no ônibus e uma delas dizia que queria criar um blog. Pelo contexto da conversa, eu entendi que ela pensava em criar um blog de moda.

E aqui cabe um comentário que eu já até fiz antes: tirar fotos das suas comprinhas, do seu novo corte de cabelo, mostrar suas 300 mil maquiagens e mostrar foto de look do dia não é blog de moda, na minha opinião. É blog de funk ostentação consumismo. Alguns vão dizer que estou sendo maldosa, mas reparem que poucos desses blogs produzem conteúdo bacana. A maioria consiste em fotos e posts publicitários “disfarçados”. Um blog de moda, pra mim é um blog que fale do assunto moda (feiras, eventos na área, história da moda, etc). E poucos blogs que se dizem “fashion blogs” fazem isso.

Fiquei pensando na menina do ônibus. Tomara que ela crie de fato um blog sobre moda e não um blog sobre consumo. E por que eu não gosto de blogs de consumo? Porque eles não acrescentam em nada. São superficiais, não ensinam nada e não valorizam as aptidões individuais. Talvez a menina do ônibus esteja sendo influenciada por outras blogueiras. E talvez essa influência esteja mascarando outras habilidades e aptidões dela.

O que quero dizer com isso? E se a menina do ônibus escrever poesias? E se ela pintar lindos quadros? E se ela entender tudo de Machado de Assis? E se ela for engenheira ambiental e amar sua área de atuação? Ela poderia escrever um blog sobre esses assuntos. Escrever sobre um tema que se domina é muito mais interessante e gera conteúdo de melhor qualidade.

Sei que alguns blogs são apenas diários virtuais, em quo autor fala sobre a própria vida. E talvez algumas das dicas que vou apresentar não se apliquem a este tipo de blog. Será que não se aplicam? Para escrever um blog sobre sua vida, você precisa… viver, fazer coisas. Muitas das dicas que escrevi tem uma grande relação com atividades que você faz fora da internet :).

Fonte: Free Digital Photos
Fonte: Free Digital Photos

Pensando na moça do ônibus, escrevi algumas dicas para produzir conteúdos bacanas para a internet:

1) Fale sobre um tema pelo qual você seja apaixonada e que você domine. Não, você não precisa ter um doutorado no assunto. Se eu dissesse isso, estaria sendo ridícula. Fale sobre algo que você conheça e goste de fazer. Por exemplo, se você ama cozinhar e todos elogiam seus pratos, fale sobre o assunto, mesmo não sendo uma chef. O importante é produzir conteúdo dentro de algo que você entenda e goste. É o problema que vejo em blogs de moda: muitas mulheres compram uma bolsa grifada e já acham que entendem tudo de moda. Não é assim. Se ela apresentasse a história da bolsa, seu processo de fabricação, etc, estaria sim acrescentando. Tirar uma foto usando a bolsa e postá-la no blog indicando as marcas das outras peças também (como uma manequim de plástico que ganhou vida – medo), não acrescenta  nada.

2) Estude bastante: participe de workshops, leia livros sobre o tema, converse com outros blogueiros da mesma área, faça cursos, pratique, leia livros, veja filmes, etc

3) Procure inspirações: salve em uma pasta fotos/imagens/textos inspiradores. Se for citá-los em seu blog, dê os devidos créditos.

4) Não copie os outros: aqui não me refiro apenas sobre copiar o texto integralmente (o que também não se deve fazer, é crime). Falo também sobre encontrar seu estilo e ser fiel a ele.

5) Viva: tenha hobbies, viaje, faça passeios, converse com os amigos, etc. Não dedique 100% de sua vida ao blog, mesmo que o blog seja um trabalho, momentos de lazer e distração são importantes para uma saúde equilibrada.

6) Não fale mal dos outros gratuitamente. Se for falar mal do trabalho de alguém, seja delicada e tenha embasamento. E por mais revoltada que você estiver, cuidado com os ad hominen.

7) Esteja preparada para os trolls. Você pode topar com trolls de todos os tipos. Gente que acredita na teoria da conspiração (mas não te ofende, só enche de comentários nada a ver), gente que vai te ofender (ignore, essas pessoas são infelizes), gente que fala mal de você nas caixas de comentários de outros blogs, gente que te persegue, etc. Para minimizar problemas maiores com trolls, evite falar muito de sua vida particular. Caso o problema com trolls esteja ficando insuportável e esteja prejudicando sua vida, faça uma denúncia.

8) Tenha um bom relacionamento com blogs que abordem os mesmos temas. É bom criar uma rede de blogs. Além de fortalecer todos os blogs, você acaba conhecendo novos amigos nesse processo. Isso é muito bom 🙂

9) Respeite nosso idioma: escreva bem, use palavras do qual você tenha certeza do significado, leia bastante para melhorar a escrita, etc.

10) Tenha humildade: por mais que você saiba sobre algo, sempre tem muito mais para aprender. Tenha humildade em reconhecer seus limites e procure superá-los sempre que possível. Reconheça seus erros e agradeça à quem os apontou. Mesmo que a pessoa apontou um erro na tentativa de diminuí-la, não veja dessa forma. Veja como uma oportunidade de aprendizado.