Para começar a se aventurar como astrônomo amador

Para começar a se aventurar como astrônomo amador, não é necessário ter um telescópio sofisticado. Na verdade, em um primeiro momento é interessante aprender a localizar os astros na abóbada celeste. Além disso, é importante ler muito e compreender sobre o movimento dos astros e sobre a origem do cosmos.

Muita gente se empolga e investe em um telescópio caro, sem conhecer direito. Nesse post, não pretendo dar dicas de como comprar um telescópio. Não é esse o objetivo. O que quero fazer é mostrar que é possível observar as estrelas sem o uso de qualquer instrumento óptico. Talvez, no máximo, um binóculo.

O primeiro livro que recomendo é o Manual do Astrônomo Amador, de Jean Nicolini. A obra possui muitas informações básicas para quem deseja ser um astrônomo amador e inclusive ensina a fazer uma Luneta de Galileu.

Luneta de Galileu

Luneta de Galileu

A luneta de Galileu é formada por uma lente convergente (plano-convexa ou biconvexa) funcionando como a objetiva  e uma lente divergente (plano-côncavo ou bicôncava) servindo como ocular. A lente ocular intercepta os raios convergentes provenientes do objeto, tornando-os paralelos e formando assim uma imagem virtual, ampliada e reta. Leia mais sobre lunetas no site do MAST.

Outro livro recomendado para iniciantes é o Atlas Celeste, de Ronaldo Rogério de Freitas Mourão. Já vi esse livro a venda em diversos sebos (sebo é como chamamos lojas de livros usados aqui na minha região rs).

Se você quer identificar os planetas, as constelações e ver a fase e a trajetória da nossa linda Lua (Lua vaaaai), recomendo o programa Stellarium. Código aberto, disponível para diversos sistemas operacionais. Quando viajei pro sertão da Bahia no ano retrasado, instalamos esse programa em um notebook e valeu a pena :).

A propósito, se você mora em uma região não tão densamente habitada e com pouca iluminação artificial, o que está esperando para ser um astrônomo amador? Mesmo quem mora em uma cidade grande,  pode ver algumas coisas (alguns planetas e a Lua). O Vlamir Jr mora na Grande São Paulo e faz lindas fotos de Júpiter. Claro que ele tem um bom telescópio e o mais importante: sabe aproveitar bem o equipamento. Antes de chegar nessa etapa, é importante ler muito sobre o assunto e participar de listas de discussões e fóruns.  E claro, observar bastante o céu a olho nu ou com um binóculo.

E para finalizar esse breve post (que começou como uma conversa entre os amigos @JonatasMobile e @mserrano), recomendo dois livros do Departamento de Astronomia do IAG-USP. O mais legal é que esses dois livros estão disponíveis para download gratuito:

Fascínio do Universo, do Prof. Dr. Augusto Damineli e do Prof. Dr. João Steiner, lançado como parte das comemorações do Ano Internacional da Astronomia (2009). Edições impressas de “Fascínio do Universo” foram distribuídas gratuitamente em escolas, e a edição digital pode ser copiada aqui.

O céu que nos envolve, editado pelo Prof. Dr. Enos Picazzio, o livro teve apoio do CNPq e oferece uma introdução à astronomia para educadores e iniciantes. Os capítulos foram escritos pelos professores Augusto Damineli, Eder Cassola Molina, Gastão B. Lima Neto, Jane Gregorio-Hetem, Roberto Costa, Vera Jatenco e Walter Maciel, além do jornalista especializado Ulisses Capozzoli. O arquivo é bem grande (tem uns 80Mb) e pode ser baixado gratuitamente aqui.

Além desses livros, a Oficina de Textos possui títulos especiais para quem gosta de astronomia:

Astronomia: uma visão geral do Universo: esse livro foi agraciado com o Prêmio Jabuti de 2001 na categoria Ciências Exatas, Tecnologia e Informática. Elaborado a partir de textos do curso de extensão universitária “Astronomia: Uma Visão Geral”, o livro dirige-se a professores do ensino médio e ao público leigo interessado, oferecendo um resumo dos conceitos centrais da área e das principais questões de que se ocupam seus cientistas. Por meio de ilustrações e imagens colhidas por telescópios e com uma linguagem direta e acessível que evita a argumentação estritamente matemática, os autores apresentam uma abordagem panorâmica do cosmos, introduzindo as noções fundamentais da Astronomia e da Astrofísica. O volume inclui um atlas celeste contendo as imagens referidas ao longo da obra. Da edUSP.

Descobrindo o Universo, de William J. Kaufmann II. Best-seller entre os textos introdutórios de astronomia. Juntamente com o empolgante tema principal, o processo da descoberta científica em astronomia, este texto apresenta conceitos claros e precisos, ao mesmo tempo em que oferece ferramentas pedagógicas que tornarão o processo de aprendizado bastante ameno e agradável. Além dos diversos recursos distribuídos ao longo do livro para auxiliar na compreensão dos temas,Descobrindo o Universo oferece material de apoio para estudantes e professores.

Descobrindo o Universo, organizado por Sueli M. M. Viegas e Fabíola de Oliveira. Apesar de ter o mesmo título do volume que descrevi acima, não trata-se da mesma obra. A história do Universo, partindo de sua gênese até o presente de nossa galáxia, é o tema deste livro, como em um zoom cósmico. Nas suas páginas o leitor não especializado compreende, por exemplo, como é possível, a partir de observatórios colocados na Terra ou em sondas espaciais, enxergar a história do Universo, pois a observação astronômica e cosmológica hoje é cada vez mais uma viagem de aparente infinitude de volta ao passado. O mérito deste livro reside no empenho de seus autores em traduzir e transportar o trabalho que desenvolveram em anos de pesquisas para um público mais amplo, não especializado. É um trabalho de divulgação científica que, ao contrário dos poucos publicados no Brasil sobre astronomia, vai além do relato de conhecimentos sacramentados, tratando também de estudos que estão sendo realizados na atualidade por cientistas brasileiros que participam do Núcleo de Excelência “Galáxias: Formação, Evolução e Atividade”, sob a coordenação da Profa. Sueli M. M. Viegas.

O ABCD da Astronomia e Astrofísica, de J.E. Horvath. A astronomia constitui um ponto de encontro da física com a matemática e com outras disciplinas. O presente trabalho oferece uma visão atualizada de praticamente todas as áreas da astronomia, com especial ênfase na astrofísica estelar, cosmologia e a nascente astrobiologia. Embora o público-alvo principal sejam os jovens de 7a e 8a séries e, particularmente, do ensino médio, o texto pode ser de utilidade para os professores de ciências e qualquer pessoa com um mínimo de formação básica nesses níveis. O nível de complexidade matemática foi mantido no mínimo, mas sem fazer concessões ao rigor expositivo. Material auxiliar de interesse foi incluído nos sete apêndices do livro. Tópicos que formam parte obrigatória dos conteúdos escolares, tais como a constituição da Terra e outros, foram tratados e revisados desde um ponto de vista bastante geral e integrada aos outros assuntos.

 O blog é afiliado da Oficina de Textos. Então toda compra feita a partir do blog, gera uma pequena comissão. E isso é muito bom. Além disso, já comprei no site e eu recomendo. Nas vezes que comprei, os livros chegaram  íntegros e dentro do prazo prometido.

Recomendo também dois blogs sobre o tema que estão em meu blogroll:

Olhando para o céu, do Prof. Flavio Spina

Guia do Astrônomo Amador, do Fernando Tavares

E se por acaso você tem um blog sobre o assunto ou conhece algum, compartilhe nos comentários 🙂

P.S.: Este é um post (parcialmente) publicitário