Como é feita a previsão do tempo – vídeo

Em 2012, escrevi esse texto explicando um pouco sobre como é feita a previsão do tempo.Recentemente, a Josélia Pegorim, uma das meteorologistas da Climatempo, gravou um vídeo que acrescenta mais informações, explicando como é feita a previsão do tempo:

Ao longo do vídeo, toda equipe de meteorologistas se apresenta. É tão gostoso ver pessoas que gosto muito e cujo trabalho admiro bastante: Sandra, Camila, Daniele, Aline…

A Sandra foi minha parceira de laboratório ao longo de 3 semestres. Eu sou chata demais e muito afobada, essa moça tem paciência! E a Camila foi minha madrinha de casamento e é uma grande companheira de happy hour hehehe, já que a Climatempo não fica tão longe assim do local onde trabalho.

Camila e eu em 2006. Esse zoom não favorece ninguém, hahaha.

Camila e eu (a pessoa cor-de-rosa do lado esquerdo) em 2006, no Congresso de Meteorologia em Florianópolis. Esse zoom não favorece ninguém, hahaha.

Depois de apresentar toda equipe, Josélia explica como a previsão do tempo é feita. Dados de diversos locais do país e do mundo são analisados a todo instante. São dados atmosféricos e oceânicos também. Vários cálculos são feitos (e para isso utilizam-se supercomputadores). É muito número para analisar, por essa razão há programas nesses supercomputadores que fazem mapas e gráficos que facilitam a análise do meteorologista.

Supercomputador do ECMWF, operando desde 2009.

Supercomputador do ECMWF, operando desde 2009.

Analisando esses mapas, gráficos e também dado observados, os meteorologistas chegam a algumas conclusões. E como bem pontuou a Josélia: essa conclusão é a previsão do tempo.

Josélia também fala da importância das imagens de satélite. Com elas, é possível acompanhar a formação, movimento e dissipação das nuvens. O satélite permite o monitoramento de áreas em que não há estações meteorológicas, radares ou boias oceânicas.

E por falar em radar, essa é outra importante ferramenta do Meteorologista que a Josélia apresenta. Com o radar meteorológico, é possível ver onde a chuva está se formando e é possível estimar também o tipo de precipitação (se é garoa, chuva forte, granizo ou neve – que não é nosso caso, felizmente).

Durante a explicação, Josélia também fala da importância das Estações Meteorológicas, que são instaladas em diversos pontos dos continentes e também no mar (boias oceânicas). Nesse momento do vídeo, fiquei muito orgulhosa em trabalhar em uma Estação Meteorológica. Saber que o meu trabalho e o de meus colegas da estação ajudam na previsão do tempo e ajuda no planejamento das pessoas, faz com que eu fique ainda mais motivada em fazer um bom trabalho. Além disso, a Josélia é uma pessoa que me inspira. Ela explica muito bem e é carismática. O trabalho que ela realiza na divulgação da meteorologia é maravilhoso. Sua voz tornou-se conhecida, após ter trabalhado por muitos anos em rádio.

E quando falamos em previsão do tempo, é impossível deixar de mencionar a importância da comunicação. Atualmente, satélites de comunicação permitem que os dados observados por satélites meteorológicos cheguem até os centros de pesquisa rapidamente. Muitas estações meteorológicas e bóias já são automatizadas. Dessa forma, o meteorologista recebe esses dados diretamente em um computador, sem a necessidade de ir até o local sempre (claro, deve ir periodicamente para manutenções).

Adorei o vídeo! Tenho certeza que além de divulgar a empresa, a Meteorologia foi muito bem divulgada. E apresentar os meteorologistas foi uma ideia muito boa. Quando sou apresentada para alguém, normalmente ficam surpresos com o fato de eu ser meteorologistas. Dizem que nunca conheceram um meteorologista antes e de repente eu ganho 5min de atenção exclusiva em uma festa (antes eu não lidava muito bem com isso rs). Acho que apresentando os meteorologistas no vídeo, mostraram que somos profissionais “normais” (ou não rs).

Abraços para todos da Climatempo, em especial para minhas lindas amigas.