Post sobre consumismo no Atitude Terra



Bom dia, pessoal!

Era para eu ter publicado isso ontem. Mas aconteceu que eu fui ao oftalmologista ontem e minhas pupilas foram dilatados. Eu não conseguia lidar com claridade, não conseguia enxergar o computador, não conseguia ler e minha única alternativa foi: ir para casa e passar roupa. Acreditem, se quiserem.

Então, eu escrevi um texto para o Atitude Terra, portal sobre educação e cultura administrado pelo querido Alex Martins. O texto é sobre consumismo e falo sobre minha experiência pessoal, propondo dicas para minimizar o consumismo em sua vida. Proponho uma reflexão: o que te faz consumir em excesso?

 

Screenshot

Eu estou refletindo muito sobre consumo. O consumo em excesso pressiona a empresa pela exploração ainda maior recursos naturais. E eu diria – aqui de maneira meio mística, perdoem – que o consumo desenfreado prejudica a alma. Ele é um sintoma de uma ambição negativa. O consumismo faz a violência urbana aumentar. E também é sintoma da ansiedade.

Leio alguns blogs de moda. A maioria deles são na verdade blogs de consumo, já comentei sobre isso várias vezes. Poucos falam da moda como arte ou falam da moda em um contexto histórico. A maioria fala sobre comprar. O que me assusta nos comentários dos blogs é a ansiedade. Vejo moças aparentemente bem jovens, com um domínio sofrível do Português, falando que PRECISAM daquele item ou até implorando para que a blogueira as presenteie (não fui a única a notar isso, a Meire também reparou).

O que é bom para o planeta, normalmente é bom para o nosso bolso. Consumir menos, planejar nossas compras e nossas despesas nos ajuda a ter uma boa saúde financeira. E ajuda também o nosso planeta. E planejando bem a vida financeira, precisaremos trabalhar menos. E trabalhando menos, teremos tempo para nos dedicar ao ócio criativo.

Acho que esse texto do Atitude Terra foi o mais compartilhado dos que já escrevi. Fiquei feliz, porque isso indica que muita gente está pensando parecido, está pensando em reduzir gastos e em ajudar o planeta. Eu tive inspiração para escrever esse texto depois que comecei a fazer parte de um grupo de escambo, o Escambinho SP (o grupo é famoso, foi até matéri no IGirl).Nesse grupo, fiz várias trocas e conheci moças incríveis. No próximo sábado, vou trocar QUATRO livros com a Maria Helena. Ou seja, vou ter várias resenhas para escrever por aqui :). Então eu li o texto da Meire (que recomendei acima) e descobri o Oficina de Estilo (que recomendei na penúltima sexta, apesar das ressalvas). Mas com certeza, a maior inspiração foi o grupo de escambo. Gostaria de agradecer publicamente a Vanessa, a Mel e à Myka, adminstradoras do grupo. E também gostaria de agradecer todas as participantes do grupo, meninas todas com o mesmo propósito: economizar e respeitar o ambiente.