Tufão Rammasun



rammasun_amo_2014196

 

Oito meses depois após o Super Tufão Haiyan, outra tempestade atinge as Filipinas. Em 15 de Julho de 2014, o tufão Rammasun (conhecido localmente por Glenda) varreu o sul de Luzon, como uma tempestade de categoria 3, trazendo chuvas torrenciais e ventos de 200 km/h.

Leia aqui sobre a Escala Saffir-Simpson, que classifica a intensidade dos ventos em um furacão.  Ah sim, lembrando que furacão, ciclone tropical e tufão são sinônimos.

A imagem que abre a postagem foi adquirida em 15 de julho de 2014 a partir do satélite Aqua da NASA, usando o sensor MODIS. Foi compartilhada pelo site de divulgação Earth Observatory, da NASA. A imagem é das 05:00 UTC, pouco antes da tempestade chegar no continente.  Quando a tempestade passou pelas Filipinas no dia 16 de Julho, ela deixou um total de 200mm de chuva. É muita chuva. Para vocês terem uma ideia, um dia extremamente chuvo em São Paulo (aquelas tempestades de verão, de fim de tarde), tem cerca de 70mm acumulados. O recorde de maior acumulação em apenas 24h aqui em São Paulo é de 145,9mm, observados no dia 06 de março de 1966 (veja aqui outros recordes meteorológicos da cidade de São Paulo).

O interessante é que esse volume de 200mm de chuva não foi observado usando um pluviômetro (ou uma rede de pluviômetros).  Foi usado um satélite TRMM (Tropical Rainfall Measuring Mission – Missão de Medição de Chuvas Tropicais), que faz parte de um projeto com o mesmo nome. Para mais informações sobre o projeto e sobre o satélite, clique aqui. O objetivo do projeto é medir a chuva em áreas tropicais. Muitas dessas áreas não possuem uma rede de pluviômetros suficientemente abrangente. O satélite é uma alternativa, embora não substitua totalmente os pluviômetros.

A partir do TRMM, obteve-se a seguinte imagem:

rammasun_mpa_2014197

 

rammasun_mpa_2014197_palette

Essa imagem é uma ‘soma’ de imagens entre os dias 9 e 16 de julho. Na imagem temos a trajetória e a intensidade da tormenta (categoria de acordo com a Escala Saffir-Simpson), além do total de chuva (escala de cores entre verde claro e azul ecuro). Em algumas regiões, no oceano a oeste das Filipinas, notamos que a chuva acumulada em 8 dias (entre 9 e 16 de julho, como mostra a imagem) passou dos 350mm. Como comparação, Janeiro é em média o mês mais chuvoso em São Paulo e costuma chover cerca de 230mm ao longo de todo o mês. 350mm de chuva em 8 dias é muita água!

O tufão Rammasun é bem “tranquilo” quando comparamos com o Haiyan. Esse tufão infelizmente quebrou todos os recordes de destruição. Pelo menos 7300 pessoas morreram ou desapareceram em decorrência do Haiyan, enquanto o Rammasun foi responsável pela morte de cerca de 20 pessoas.

Rammasun passou a uma distância de 60km de Manila, capital das Filipinas e cidade com 12 milhões de pessoas. Ou seja, a trajédia poderia ter sido bem maior se tivesse passado por Manila. No entanto, de acordo com a análise do Dr. Jeff Masters, foi um dos tufões mais fortes que passaram tão perto de Manila.