É possível ter arco-íris em outros planetas?



Essa semana eu estava lendo a penúltima edição da Revista BBC Focus e essa foi uma das perguntas enviadas pelos leitores. Achei tão interessante, que decidi falar sobre o assunto aqui. Acho que vocês devem se lembrar de um post em que falo sobre chuva em outros lugares do Universo. Pois bem, teremos aqui um complemento. Precisamos primeiro definir quando o arco-íris ocorre.

Um arco-íris é um fenômeno meteorológico que ocorre devido a dois fenômenos ópticos: o de refração e o de reflexão.  A luz solar é refratada e refletida pelas gotas de chuva. Nesse post, explico um pouco mais sobre o processo de formação do arco-íris.

Arco Íris em Curitiba. Foto cedida ao http:www.meteoropole.com.br pelo meteorologista Rafael Toshio

Mas, será que existem arco-íris em outros planetas? Bom, para que a gente tenha um arco-íris é necessário apenas dois ingredientes: luz solar e gotas de chuva. No momento, não se conhece nenhum planeta que tenha água líquida em quantidade suficiente na atmosfera para fazer com que haja chuva e consequentemente, arco-íris. Só que há outras substâncias que podem causar a refração da luz solar de forma muito semelhante a das gotinhas de água. Lembram que contei que em Titan (lua de Saturno), chove metano? Pois então, a atmosfera de Titan é rica em metano líquido. A atmosfera de Titan é meio enevoada, muito provavelmente se parece com uma manhã de intenso nevoeiro.

Superfície de Titan (provavelmente o ... Mare) e a sonda Huygens chegando no planeta. by Mark Robertson-Tessi and Ralph Lorenz
Impressão artística da superfície de Titan (provavelmente o Punga Mare) e a sonda Huygens chegando no planeta. by Mark Robertson-Tessi and Ralph Lorenz

As impressões artísticas de Titan sempre mostram um mundo “enevoado” e com céu vermelho/alaranjado. Aqui na Terra, a cor mais espalhada pelas moléculas de gás e pela poeira suspensa na atmosfera é a cor azul. Em um dia bastante ensolarado e com pouca ou nenhuma nuvem o céu fica com um azul ainda mais vivo, porque há mais disponibilidade de luz e ela é ainda mais espalhada. Lá em Titan, a atmosfera (pelo menos a estratosfera, camada mais alta da atmosfera, onde a sonda Cassini chegou perto) é composta 98,4% por nitrogênio, 1,6% por metano/etano e 0,1-0,2% de hidrogênio. A coloração vermelha/alaranjada pode ser resultado do espalhamento da luz pelos hidrocarbonetos presentes em sua atmosfera (veja mais aqui). Claro que as imagens são representações artísticas, mas os ilustradores que trabalham com impressão artística astronômica usam o conhecimento científico além de sua imaginação (que ajuda muito :)). Veja outras impressões artísticas de Titan nesse link.

Com tanto nevoeiro assim, fica difícil ter luz solar direta. Mas se ocorrer, os arco-íris de Titã seriam bem parecidos com os da Terra. Como o metano tem um índice de refração diferente da água, é bem provável que o arco-íris seria mais estreito ou mais largo que o terrestre. Como disse no post sobre chuva em outros mundos, o ciclo do metano/etano é muito bem definido em Titan. Há inclusive um oceano desses hidrocarbonetos, chamado de Punga Mare. E recentemente descobriram que há até ondas nesse oceano! A Missão Cassini tem nos revelado muito acerca de Saturno e suas luas. Outra recente descoberta muito interessante sobre Titan é que por lá há nuvens muito semelhantes às Nuvens Mesosféricas Polares daqui da Terra. Há alguns meses escrevi um post sobre as Nuvens Mesosféricas Polares daqui da Terra (veja aqui).

Nuvem mesosférica polar em Titã (a esquerda, obtida pela Sonda Cassini) comparada com Nuvem Mesosférica Polar daqui da Terra (a direita). Image Credit: L. NASA/JPL/U. of Ariz./LPGNantes; R. NASA/GSFC/M. Schoeberl
Nuvem mesosférica polar em Titã (a esquerda, obtida pela Sonda Cassini) comparada com Nuvem Mesosférica Polar daqui da Terra (a direita). Image Credit: L. NASA/JPL/U. of Ariz./LPGNantes; R. NASA/GSFC/M. Schoeberl

A Nuvem Mesosférica Polar de Titan é feita de metano no estado sólido (gelo de metano). Leia mais sobre as Nuvens Mesosféricas Polares de Titan aqui.

Estou quase acreditando que tudo que existe e é feito com água aqui na Terra existe lá em Titã, só que feito de metano. Deve ter até Refrigerante Dolly.

Outro fenômeno óptico terrestre que acontece em fora da Terra também é a glória. Em Vênus, gotas de ácido sulfúrico são responsáveis pela ocorrência do fenômeno.