Overview effect



A música que deveria ilustrar esse post é Imagine – John Lennon.

Mas afinal de contas, o que é o Overview Effect (ou Efeito de Perspectiva)? É uma mudança de consciência relatada por alguns astronautas enquanto realizam um voo espacial e podem visualizar a Terra a partir do espaço (ou a partir da superfície lunar).

Refere-se a experiência de ver em primeira mão a realidade da Terra no espaço: ela é pequena, uma bola frágil com vida e pendurada no vazio. As fronteiras entre os países não existem e os conflitos que dividem as pessoas e sociedades ficam menos importantes. Muitos astronautas relatam a a necessidade de criar uma sociedade planetária unida com o objetivo de proteger este ” pálido ponto azul “, o que para muitos que sentiram esse efeito,  torna-se óbvio e imperativo .

Em outras palavras, eles voltam com a ideia de formar a Federação dos Planetas Unidos. No universo de Star Trek, não existem fronteiras definidas dos países. Existem administrações regionais, mas as séries nos fazem crer que não há fronteiras em nosso planeta, as pessoas podem ir e vir como quiserem. Não há fome, não há guerras e todos vivem em harmonia, desenvolvendo arte, ciência e suas habilidades pessoais. Uma linda utopia, mas que na minha opinião precisamos acreditar e tentar fazê-la possível, nem que seja só um pouquinho de cada vez.

O termo e conceito foram cunhado em 1987 por Frank White, explorado em seu livro The Overview Effect — Space Exploration and Human Evolution.

The Blue Marble, imagem obtida pela tripulação da Apolo 17 em 7 de dezembro de 1972. Fonte: Wikimedia Commons
The Blue Marble, imagem obtida pela tripulação da Apolo 17 em 7 de dezembro de 1972. Fonte: Wikimedia Commons

Vários astronautas reportaram esse insight (veja aqui as referências). Quando escrevi a história sobre o termo blue marble, contei a história de Yuri Gagarin, que certamente experimentou esse efeito.

Fala-se muito em viagens espaciais que irão atender civis, inicialmente civis com muito dinheiro e que tem o sonho de  ir até o espaço. Muitas iniciativas de empresas privadas tem sido propostas, com o objetivo de levar pessoas para o espaço por alguns milhares de dólares. Será que essa viagem será como um trajeto místico e transformador, como o Caminho de Santiago de Compostela? Será que o mundo vai tornar-se um lugar com pessoas mais conscientes com relação aos problemas dos seus semelhantes e mais conscientes dos problemas ambientais? Espero que sim :). E se alguém quiser me pagar uma viagem, nem que seja só até a estratosfera, estou aceitando!

E a dica indireta para esse post foi do querido Alex Altorfer, obrigada 🙂