A “Cientista” Grávida – Exercícios Físicos (episódio 14)

Depois da xaropada da grávida fitness, deve ter mulher achando que durante a gravidez pode manter sua usual série pesada de exercícios de musculação e pode inclusive se entupir de whey protein e clara de ovo. Sou uma grande crítica desse estilo de vida, principalmente durante a gravidez.

Quem deve avaliar quais exercícios você pode continuar fazendo, é o seu médico. E com relação a sua dieta, talvez seu GO te encaminhe para algum médico nutricionista. Além disso, o bom senso e a leitura de boas fontes de informação também ajudam bastante.

Nesse post, que fique bem claro, não pretendo dar nenhum conselho médico. Vou falar como é minha rotina (e como foi minha rotina até agora) e caso você se identifique com algo ou caso você tenha dúvida sobre alguma coisa, entre em contato com o seu médico.

Nunca fui de frequentar academia. Entretanto, até pouco antes de eu ficar grávida, eu caminhava cerca de 4km por dia. Sempre tive uma alimentação razoavelmente saudável também, mas sempre me permiti comer doces (amo demais rs). Sempre gostei de beber com moderação também, principalmente vinho. Já no comecinho da gravidez, cortei a ingestão de bebidas alcoólicas. Mas por exemplo: semana passada meu marido abriu uma cerveja diferente. Claro que tomei um golinho, para experimentar. Mas foi um golinho mesmo, claro. Acredito no poder do bom senso!

Bom, logo no comecinho da gravidez, algumas circunstâncias me impediram de continuar caminhando como antes. É que parte do caminho que eu fazia para ir a serviço a pé foi interditada. Então decidi procurar outra atividade física para fazer e foi quando encontrei a hidroginástica.

Sensualizando muito rs. Com 27 semanas, pronta para ir para hidro!

Sensualizando muito rs. Com 27 semanas, pronta para ir para hidro!

A hidroginástica é provavelmente a atividade física que os médicos GO mais indicam para suas pacientes. E a explicação é bem simples: o empuxo. Ao entrarmos em uma piscina, nos sentimos ‘mais leves’ do que quando estamos fora dela.  E isso acontece porque existe uma força vertical para cima, exercida pela água, que chamamos de empuxo. Empuxo é a força exercida pro fluido sobre um corpo e possui sentido oposto a força peso. Dessa forma, o empuxo “anula” um pouco do nosso peso. Anulando um pouco do nosso peso, nos sentimos mais leves e os movimentos que realizamos tem menos impacto nas articulações =)

Dessa maneira, mesmo uma grávida já no final do terceiro trimestre pode praticar hidroginástica. Mais uma vez: converse com seu médico e veja se há contra-indicação para seu caso.

Estou fazendo hidroginástica desde novembro do ano passado e estou AMANDO. Até agora acho que só perdi umas 2 aulas. Adoro minhas colegas e minha professora. A propósito, muitas das minhas colegas são mulheres da terceira idade. Por ser um exercício que causa menos impacto nas articulações, é indicado também para quem tem problemas como osteopenia ou reumatismo, por exemplo, comuns na terceira idade. Já tive também algumas colegas gestantes, não muitas, porque no bairro onde moro há muitos idosos, que são maioria na academia.

Além de relaxar o corpo, a hidroginástica permite que você relaxe a mente (como qualquer atividade física). O convívio com pessoas diferentes ajuda muito também e te faz aprender muito. Uma colega do grupo, a Zana, trabalha em uma clínica de fertilização e sempre me traz revistas muito boas sobre maternidade. As mulheres se juntam, se ajudam, sempre organizam happy hours ou excursões. Acho essa convivência tão sadia!

Abaixo, observação que fiz outro dia sobre a aula de hidro, rs:

Eu confesso para vocês que tinha preconceito maior com relação ao “ambiente academia”. Ainda tenho bastante, por conta dessa febre do ‘corpo perfeito’ e dessa necessidade de postar fotos de cada segundo na academia. Eu sei, queridas leitoras e leitores, estou sendo bem intransigente. E outra, não tenho nada a ver com isso, cada um faz o que quer, cada um tem suas idiossincrasias. E deixem-me ter meus pet peeves, por favor.

Venci essa primeira barreira de meu preconceito e  agora pretendo continuar me exercitando depois do resguardo. Talvez eu faça natação, exercício que gosto muito. Ou talvez eu aprenda boxe, sempre tive esse sonho!

Outra coisa que fiz muito, pelo menos até o segundo trimestre, foi caminhar. Aproveitei que estava disposta e fui comprar o enxoval. Fui também para a praia e até “abusei” um pouco da caminhada. Calculo que caminhei uns 5-6km em um determinado dia:

Eu na praia, com 25 semanas mais ou menos. Nesse dia caminhei muito!

Eu na praia, com 25 semanas mais ou menos. Nesse dia caminhei muito! Não consigo tirar fotos com olhos abertos em dias de muito Sol, desculpe Seu Maxwell.

E além de ter caminhado muito, eu caminhei descalça. Não recomendo! Meus pés ficaram bem doloridos depois. =(

Hoje, com umas 33 semanas mais ou menos, caminho bem menos. Bom, de vez em quando vou tomar um suco ou um cappuccino na padaria ou vou pagar contas no banco perto de casa. No trabalho, às vezes caminho até o auditório onde dou palestras. Tenho evitado escadas, porque minhas costas e meus pés estão começando a doer. Continuo fazendo a hidroginástica e não sei quando devo parar. Vou esperar meu corpo anunciar. Como minha mensalidade vence por volta do dia 15, estou pensando em fazer até 15 de maio, mas ainda não decidi. Ah sim, meu menininho deve chegar na segunda quinzena de junho =). Estou um pouco ansiosa, cada dia mais. Estou tentando controlar essa ansiedade, mas vou esperar mais algumas semanas para escrever sobre isso.

Há outros exercícios também muito indicados para gestantes, como pilates e ioga. Eu fiz pilates por bastante tempo,acho que até o começo de 2013. Acabei deixando de fazer porque minha professora teve que mudar o estúdio dela, uma pena. Assim como ioga, é um exercício muito gostoso, mas nem todos os movimentos da série são indicados para gestantes. Tem que conversar com o médico, ouvir as recomendações da professora e respeitar os limites de seu corpo.

Eu diria que mais importante do que praticar uma atividade física é deixar de ser sedentária. São coisas completamente diferentes. Por exemplo, não tem aquele cara que joga futebol ou corre no parque todo fim de semana, só que durante a semana é muito sedentário? Bom, acho que isso pode ser perigoso, porque o corpo não está acostumado com movimento. O ideal é caminhar ou fazer um pouquinho de exercício, pelo menos um pouquinho por dia. E na gravidez é a mesma coisa! Mantenha-se ativa, caminhe um pouquinho por dia, faça alguma tarefa leve diariamente, que te permita se mexer moderadamente. Dependendo, claro, da recomendação do seu GO. Há casos em que o repouso absoluto é indicado, então isso deve ser obedecido para manter a sua saúde e a do bebê.

***

E acompanhem toda série A “Cientista” Grávida – A Série [minha saga pessoal rs]  aqui. Espero que essa série ajude outras gestantes e permita troca de experiências.

***

P.S.: Só para complementar o post com uma imagem que meu marido me mostrou hoje:

azEy05m_700b

Ele viu aqui. Gostei do ponto de vista rs.