Dúvida do leitor: Nuvens esverdeadas

Antes de responder a dúvida do leitor Lucas, gostaria de deixar aqui algumas “satisfações” aos meus queridos leitores em geral.

Alguns sabem que eu fui mãe há pouco tempo e como consequência minha rotina está toda modificada. Nem e-mails tenho conseguido responder! Quando eu acho que estou colocando as coisas no lugar, tudo volta a ficar bagunçado rs. É assim mesmo, não adianta ficar frustrada ou triste. Tem que ter paciência e muita calma.

O importante é que estou feliz e meu filho está saudável!

Bom, mas agora vamos falar da dúvida do Lucas. Eu já tinha respondido por e-mail, mas decidi transcrever aqui também.

Me deparei agora a pouco em uma noite fria com a temperatura em torno dos 16 C°, horário 00:30, e o céu está esverdeado e isso já dura um pouco mais de 2 horas. O que poderia ser esse efeito?

O e-mail do Lucas é do dia 06 de julho e ele é do Rio Branco – AC.

Ele mandou as fotos do que ele viu, mas infelizmente os links estão quebrados:

http://www.casimages.com.br/i/150706073630781121.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706073834923658.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074045204336.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074226807425.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074305177995.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074518148214.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074606737333.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074654677468.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/150706074752531575.jpg.html

http://www.casimages.com.br/i/15070607485875288.jpg.html

Apenas para ilustrar, a imagem que ele me mandou era muito parecida com a imagem abaixo:

Apenas como exemplo. Vi aqui.

Apenas como exemplo. Vi aqui.

Minha resposta:

Esse efeito pode ser decorrência da iluminação da própria cidade refletida nas nuvens baixas (tipo Stratus ou Stratocumulus). Talvez estivesse acontecendo alguma festa com iluminação especial nas redondezas.

Em algumas tempestades, as nuvens ficam esverdeadas. Isso ocorre normalmente no que chamamos de tempestade severa, com granizo e até ocorrência de tornados. Mas esse não parece ser o caso do que você fotografou.

Respondi uma pergunta muito parecida em 2012 (clique aqui para ler a resposta). Acontece que as “cores” das nuvens dependem de uma série de fatores. Antes de se desesperar e achar que o mundo está acabando, precisamos lembrar que:

  • Depende muito da iluminação da cidade: a iluminação da cidade pode ser refletida por nuvens baixas (entenda aqui o que são nuvens baixas).
  • Depende do horário do dia. As nuvens ‘mudam de cor’ dependendo da posição do disco solar. Nuvens são formadas de gotículas de água. E a gente sabe que a água não tem cor. O oceano pode adquirir tonalidades esverdeadas e azuladas, dependendo da areia do fundo, da agitação do mar, da proximidade da costa, etc.

No final da tarde (normalmente horário em que ocorrem as tempestades), o céu apresenta uma coloração dourada-avermelhada. Esse efeito, combinado a coloração azulada do céu, pode deixar o céu esverdeado. Como a nuvem de tempestade é normalmente bem escura, ela fornece um fundo para que a coloração esverdeada fique mais realçada. A nuvem das fotos que o Lucas mandou (infelizmente o link quebrou =( ), não parecia ser nuvem de tempestade. Inclusive ele nem menciona nada disso no texto, então certamente não era o caso.

As nuvens podem fazer com que o céu pareça azul-esverdeado. Se pensarmos, a água é incolor, claro, mas pode ficar aparentemente azulada. Pense em uma piscina de azulejos brancos ou em uma banheira branca: uma nuance azulada  pode ser observada observada. O próprio oceano pode ter uma coloração azulada. Pode ser que as nuvens de tempestades (que são cheias de água!), fornecem a coloração azul, e quando iluminadas pela luz solar dourada Sol, podem criar uma tonalidade esverdeada.

Eu percebo que toda vez que acontece um fenômeno óptico desses na atmosfera (que é relativamente comum), as pessoas ficam boquiabertas. Algumas, movidas pela religiosidade e pela pseudociência (que não foi o caso do Lucas!), acabam achando que é o fim do mundo ou algo do tipo.

Acontece que atualmente, os seres humanos das grandes cidades passam muito tempo dentro de suas residências ou de seus escritórios. A gente deixa de ver muita coisa bonita e interessante que acontece no céu a todo momento. Quando paramos para olhar, acabamos nos surpreendendo muito. =)

Frio no Acre?

Aproveitando o fato de o Lucas morar no Acre, aproveito para falar sobre um fenômeno bem interessante: a friagem.

Friagem é a queda da temperatura provocada pela intrusão de ar polar. É um fenômeno meteorológico que ocorre algumas vezes durante o outono e o inverno no sul do Amazonas, Acre e em Rondônia.

Como exemplo, veja este caso de Abril de 2014:

788ec404e505da5b0303a5dbd1f27103-11

Fonte da imagem: Climatempo

Nesse texto, a Josélia Pegorim explica esse caso da animação acima. Uma massa de ar polar avançou pela América do Sul. Foi responsável por queda de temperatura e geada na Região Sul. Conforme essa massa de ar avançou na direção Noroeste, foi provocando temperaturas baixas em Rondônia, Mato Grosso, Acre e sul do Amazonas. Há episódios de friagem em que as mínimas temperaturas nesses Estados mencionados podem chegar perto de 10ºC, valor considerado baixo para as latitudes onde eles se encontram.

Existem friagens mais ou menos acentuadas, dependendo da “força” da massa de ar frio. Em um episódio de friagem, a menor temperatura registrada em Rio Branco foi de 6°C. Isso ocorreu em em 19 de julho de 1975, de acordo com os dados do INMET.

***

Obrigada pela pergunta, Lucas!

E se você mandou alguma pergunta para o blog e está esperando resposta, aguarde pacientemente que eu vou colocar tudo em ordem =)