Dúvida dos leitores: a pressão atmosférica tem relação com zumbido no ouvido?



A dúvida de hoje é do leitor Daniel da Assunção. Ele quer saber se zumbido no ouvido tem a ver com a pressão atmosférica.

Bom, deixando claro que problemas de saúde nos ouvidos podem causar zumbidos e o objetivo desse post é falar apenas sobre zumbidos provocados por mudanças na pressão atmosférica.

A pressão atmosférica é o peso da coluna de ar sobre as nossas cabeças. Nesse texto, explico o que é pressão atmosférica em mais detalhes.

Pela definição de pressão (peso do ar sobre nossas cabeças), conclui-se facilmente que quanto maior a altitude da localidade, há uma menor coluna de ar. Por isso costuma-se dizer que o ar em localidades de altitude elevada (como muitas cidades andinas) o ar é rarefeito, em menor quantidade, ou seja, apresenta menor concentração de gases.

Variação da pressão atmosférica (aqui em mb)  com a altitude (em km). Quando maior a altitude, menor a pressão atmosférica. Fonte: Material da Prof. Alice Grimm
Variação da pressão atmosférica (aqui em mb) com a altitude (em km). Quando maior a altitude, menor a pressão atmosférica. Fonte: Material da Prof. Alice Grimm

Um dos gases que compõe a atmosfera é o gás oxigênio, que usamos em nosso processo de respiração. Por esse motivo, pessoas que moram em locais de menor altitude estranham quando vão conhecer cidades andinas. Até mesmo atletas, que tem um preparo físico melhor, sofrem em condições de ar rarefeito. Essa discussão sempre se repete durante a Libertadores, quando o mau desempenho de alguma equipe é atribuído à elevada altitude do local onde o jogo ocorreu.

Outro efeito da variação da pressão atmosférica com a altitude é sentido quando um típico paulistano desce a serra em direção às cidades litorâneas. Nossos ouvidos sentem a variação da pressão, pois saímos de um local de altitude mais elevada (pressão atmosférica é menor) para um local de altitude igual a 0m (nível do mar, pressão atmosférica maior).

O tímpano (uma membrana que faz parte do nosso ouvido) capta as vibrações do ar e as transmite para pequenos ossinhos do interior do ouvido (martelo, bigorna e estribo). Essa membrana fica entre o ouvido externo e o ouvido interno. As partes do ouvido estão indicadas na figura abaixo:

Fonte: infoescola
Fonte: infoescola

Se essa membrana se esticar muito, podemos sentir dor e o ouvido pode não funcionar muito bem. Acontece que quando a gente desce a serra, a pressão do ouvido interno fica menor do que a do ouvido externo (que é a pressão da atmosfera). Então o tímpano fica estirado para dentro. O inverso ocorre quando subimos a serra, com o tímpano ficando esirado para fora.

Para minimizar esse desconforto, basta “engolir ar”. A tuba auditiva (veja na imagem acima), está ligada à garganta. Fazendo isso,  a gente “empurra ar” para o ouvido interno, igualando a pressão do ouvido interno com a do ouvido externo, e assim o tímpano para de sofrer.

Em outra situação, quando fazemos uma viagem aérea, a pressão do ouvido interno fica maior que a pressão do ouvido externo e o tímpano fica estirado “para fora”. Bom, as aeronaves são pressurizadas para minimizar esse efeito. Embora o avião esteja voando a mais de 9000m, onde evidentemente a pressão do ar é mais baixa do que na superfície, a aeronave conta com equipamentos que mantém a pressão interna muito próxima a da superfície. Por isso quando a fuselagem do avião é rompida, as pessoas e objetos são “sugados” para fora, já que horizontalmente falando o ar tende a ir do local onde está em maior quantidade (maior pressão) para o local onde está em menor quantidade (menor pressão).

Há pessoas que tem seus tímpanos estourados devido a variações bruscas de pressão horizontal. Nunca ouvi dizer que isso acontece com alguém que desceu a serra ou com alguém que fez uma viagem aérea em uma aeronave moderna. Porém conheço uma pessoa que teve o tímpano rompido devido a explosão de fogos de artifício. Em explosões, há um deslocamento brusco de ar, que é o que provoca o barulho intenso. Se a pessoa estiver próxima ao local onde a bomba estourou, pode sim ter seu tímpano rompido devido a intensa, rápida e momentânea variação horizontal de pressão.

Nessas situações de desconforto, algumas pessoas alegam ouvir um “zumbido”. O zumbido até pode significar um dano ao tímpano, ou pode ser apenas um desconforto. Se você não passou por nenhuma situação em que tenha ocorrido variação de pressão e apresenta zumbido, o ideal é procurar um médico.

Espero ter respondido sua pergunta, Daniel :). E muito obrigada pela mensagem!