Meteorologia na UFOPA: como é o curso?



Hoje vamos falar novamente sobre profissão. Vamos falar sobre meteorologia na UFOPA. Quem dera o GrADS fosse tão bonito quanto são esses gráficos da imagem. Cortesia de Shutterstock

Eu recebi uma pergunta do Salomão e decidi postar aqui:

Oi

Passei  na UFOPA (Universidade Federal do Oeste do Pará)  no curso Ciências Atmosféricas e queria saber como é o curso e se é  difícil, e quais as matérias  bases. Desde  já agradeço

O curso é  complicado?

Salomão, em primeiro lugar, parabéns pela aprovação no vestibular. É uma conquista incrível, certamente você se dedicou bastante. Mas muito provavelmente, como qualquer pessoa, você deve estar cheio de dúvidas. E como uma pessoa que foi aprovada em um curso “exótico” como meteorologia, certamente as dúvidas são ainda mais abrangentes.

E o que você quer dizer com dúvidas mais abrangentes, Dona Samantha?

Pois bem, nesse post eu falei da diferença entre um cursos universitários mais tradicional (Direito, Medicina, Engenharia) e um curso mais diferente, menos conhecido pela maioria das pessoas, como é o caso de Meteorologia.

Se você é um aluno de Direito, certamente poucas pessoas vão ficar perguntando quais matérias você estuda ou o que faz um advogado. Porque as pessoas já conhecem o trabalho desse profissional, já tem advogados no círculo de pessoas conhecidas. Entretanto, a probabilidade de alguém ter um meteorologista em seu grupo de conhecidos é muito menor do que ter um advogado e o nosso trabalho não é tão conhecido pela maioria das pessoas, principalmente em um cenário em que o conhecimento científico não é compreendido ou valorizado.

Em outras palavras, quando você é Meteorologista, vira ponto de referência. Minha família é muito grande e unida, sei que primos de terceiro ou quarto grau que vejo com pouca frequência podem não falar muito comigo, mas sabem que eu sou meteorologista rs. A propósito, um salve para todos os meus primos amados.

Ou seja, quando você conta para as pessoas que está estudando Meteorologia, vão te fazer mil perguntas. Vão te dissecar, como um ET do caso Roswell (mentira, ninguém dissecou ET nenhum, É O QUE ME DISSERAM).

Um aluno de Meteorologia vai se sentir dissecado como um ET, devido a tantas perguntas que recebemos desde o momento do preenchimento do formulário do vestibular ou ENEM. Cortesia de Shutterstock

Portanto, esteja preparado para responder as pessoas com carinho e paciência. Veja nisso uma missão: estou ajudando a divulgar conhecimento científico e estou aprendendo a divulgar o meu peixe. Sim, o meteorologista precisa ser um bom vendedor, pois precisa convencer as pessoas de que seu trabalho e seu conhecimento adquirido são importantes para a sociedade. E de que mesmo indiretamente, seu trabalho como meteorologista pode salvar vidas.

Portanto, querido Salomão, eu diria que eu posso responder essa pergunta apenas parcialmente. Eu posso te dizer o que estuda um meteorologista e essa resposta vai ser a mesma, independentemente da instituição onde o curso de Meteorologia em questão é oferecido. E eu respondi essa pergunta nesse link. É possível que cada instituição organize as disciplinas e seus conteúdos de maneiras um pouco diferentes entre si, mas a questão é que todos os alunos de Meteorologia veem o mesmo conteúdo (ou deveriam ver).

Para quem faz pós-graduação, há instituições com mais tradição em uma determinada área. Por exemplo, para estudar Poluição do Ar na pós-graduação acredito que o IAG-USP seja o mais indicado, mas de maneira nenhuma estou desmerecendo ou diminuindo laboratórios de outras instituições, até porque muitos dos professores de outras instituições passaram pelo IAG-USP em seus estudos de graduação e pós-graduação. O que quero dizer é que na área de Poluição do Ar (como exemplo), o IAG-USP tem mais tradição.

Para conhecer todas as instituições que possuem curso de Bacharelado em Meteorologia (que muitas vezes aparece como Bacharelado em Ciências Atmosféricas, no entanto é o mesmo curso, questão de nomenclatura da instituição mesmo), consulte esse FAQ (a propósito, graças a essa dúvida do Salomão eu pude atualizar a lista).

O curso de Bacharelado em Ciências Atmosféricas da UFOPA começou em 2014. Acho difícil o curso não ser reconhecido, já que trata-se de uma Universidade Federal com professores concursados (ou seja, o concurso público evidentemente selecionou excelentes profissionais). A propósito, nesse link tem um e-mail para contatar alguém que pode te fornecer mais informações.

Um link ainda melhor é o site do curso da UFOPA. O curso da UFOPA ainda não formou ninguém, já que a primeira turma é de 2014. Minha sugestão é que você “navegue” por esse site e procure os contatos de professores e alunos, para tirar suas dúvidas. Olhando a lista de docentes, consegui reconhecer o nome de um amigo muito querido que fiz no INPE e não vejo há algum tempo, o Prof. Dr. Theomar Trindade. Observe na lista que todos os professores são doutores e isso é um excelente sinal. Significa que são profissionais qualificados e altíssimo nível.

Tenho certeza que se você mandar um e-mail para algum professor ou procurar o contato de algum aluno do curso, é muito provável que eles serão bem atenciosos com você. Nós meteorologistas somos muito legais ;).

Além de pesquisar sobre a instituição e sobre o curso, procure saber sobre a cidade onde o Campus está instalado. Claro, estou assumindo que você não seja da mesma cidade. Veja a infraestrutura da cidade, conheça as possibilidades de república estudantil ou pensionato, etc. Isso também é bastante importante, pois se a cidade for muito distante de sua casa, você vai ter que passar bastante tempo na cidade e vai ter que gostar dela.

Sendo assim, acho que consegui responder sua pergunta apenas parcialmente, mas espero ter pelo menos ajudado com o caminho. Dúvidas são normais quando a gente passa no vestibular. Na verdade, vem uma enxurrada de dúvidas, todas de uma vez e muitas vezes temos dificuldade em nos orientarmos. Espero ter sido uma pequena chama na escuridão.