Eu mudei minha maneira de produzir conteúdo ao longo dos anos?



Cortesia de Pixabay

Eu escrevo em blogs há cerca de 10 anos. Antes do Meteorópole (que comecei a escrever em 2011), já tive outros blogs que acabei apagando ou fechando. Quando eu comecei a escrever em blogs, eu os encarava como uma possibilidade de desabafar, uma espécie de diário pessoal. Demorou algum tempo até eu compreender que eu poderia ter um blog de nicho. E hoje eu sei que posso escrever sobre Meteorologia, mas também posso falar sobre outros assuntos no mesmo blog. Posso inclusive falar sobre mim também, porém com maior auto-respeito e sabedoria. Ainda bem que a gente amadurece.

Preciso dizer que demorou algum tempo até eu compreender que a gente tem que ter muito cuidado com a nossa produção de conteúdo. Quando digo cuidado com a produção de conteúdo, me refiro a uma série de coisas, como por exemplo:

  • Sempre informar suas fontes e sempre colocar os links para elas. Quando suas fontes são livros, indique os títulos. Se a sua fonte é um outro conteúdo produzido na internet, sempre informe e sempre coloque um link para ele. Vamos fazer da internet um lugar livre e justo.
  • Seja autêntica! Não copie os outros. Compreenda que há um limite muito claro entre se inspirar no outro e copiar o outro totalmente. Não cometa plágio e busque sua própria identidade.
  • Não publique nada que você escreve quando está nervosa. Muitas vezes estamos nervosas e acabamos falando demais, dando opiniões muito pesadas e muito imprecisas. Você até pude escrever quando está nervosa, porém salve o texto e o leia  depois quando estiver calma para verificar o tom do que escreveu. Você vai se surpreender e vai dar graças a Deus por não tê-lo publicado.
  • Sempre revise! Eu observo que alguns posts antigos do Meteorópole não estão tão bem escritos. Erros de concordância ou ideias confusas sempre aparecem. Em outros casos, há um certo tom de arrogância desnecessário. E eu tinha um cuidado menor com a revisão, hoje sempre releio meus textos pelo menos uma vez antes de publicá-los.
  • Se for falar de algo polêmico, peça para algum amigo ler o texto antes de publicar. Se você for tratar de um assunto muito controverso, pense bem antes de publicar. É possível que você seja mal interpretado e surjam haters. Por isso esteja preparada e consulte um amigo que entende do assunto para discutir o assunto antes de publicar o texto. Pode ser até que você desista. Quantos textos eu comecei a escrever e quando percebi o caminho que estavam tomando, salvei e não publiquei.
  • Não há problemas em ter propagandas no seu blog, desde que você tenha bom senso e saiba seus próprios limites! 

Eu noto que hoje em dia eu tenho um maior cuidado com esses pontos que mencionei. Fazendo uma auto-crítica, percebo sim que eu melhorei minha escrita ao longo dos anos. E dessa maneira posso dizer que minha produção de conteúdo mudou ao longo desses anos de blogosfera e até falei sobre isso recentemente.

Além da melhoria na qualidade, eu mudei o foco. Nos meus primeiros blogs, eu falava mais sobre mim e fazia algumas reflexões meio sem sentido, escritas como fluxo de pensamento. Ficavam desorganizadas, eu me expunha demais e acabava usando muito o recurso das indiretas. Um tanto imaturo.

Quando criei o Meteorópole, quis focar apenas em Meteorologia, tanto que os primeiros posts do blog tem uma estética super técnica e são até meio engessados. A minha identidade, o meu jeito de escrever, foi se desenvolvendo com os anos. Primeiro eu me conscientizei que o blog não é um livro didático, aqui eu tenho liberdade para escrever como se estivesse conversando com meus leitores.

E em seguida entendi que eu poderia abordar outros assuntos também. Como diz o Vinícius, do Monolito Nimbus (que tem essa pegada diversa também e centrada em divulgação científica): “afinal, a vida não é um assunto só”. Quem parece pensar dessa maneira também é a Marrie, do Mamãe Plugada, pois apesar do blog ser centrado em assuntos relacionados à maternagem, a Marrie também trata de outros temas cotidianos.

Eu percebo nos blogs dessas duas pessoas que mencionei (que eu considero duas amigas e duas pessoas muito competentes), um comprometimento com a qualidade dos textos, sempre colocando referências e procurando escrever da melhor maneira possível. São duas pessoas que me inspiram bastante e que eu também noto que melhoram a cada dia o conteúdo que produzem, sempre com muita qualidade e carinho com os leitores.

Se eu mudei com o tempo? Claro que mudei! Penso que é impossível manter um blog por tantos anos sem que ele se modifique. A gente muda, um blog é diferente de um livro. Um livro expressa o pensamento do autor durante o processo de escrita, até a conclusão e publicação do mesmo. O blog é dinâmico, nós vamos nos transformando e esse diário mostra e documenta as transformações ao longo dos anos.

Eu gosto de pensar que melhorei, agora estou mais disposta a escrever menos posts, porém com um maior cuidado com a qualidade. E você, mudou sua produção de conteúdo ao longo dos anos? Conte nos comentários.