Onde posso cursar Bacharelado em Meteorologia (ou Bacharelado em Ciências Atmosféricas)?



Cortesia de Pixabay

Se você é um leitor recorrente daqui do blog, sabe que essa informação está contida nesse FAQ. No entanto, eu quero que a informação se espalhe bastante e de maneira bastante clara.

Feito com o Canva

Acredito que a primeira coisa que chama a atenção logo no título desse post é a questão dos nomes Bacharelado em Meteorologia e Bacharelado em Ciências Atmosféricas. Essa foi uma questão “polêmica” em um grupo de WhatsApp que eu fazia parte e eu escrevi um dossiê sobre esse assunto nesse post. Entretanto, para resumir: Bacharelado em Meteorologia e Bacharelado em Ciências Atmosféricas é a mesma coisa, só é uma questão de nomenclatura do curso mesmo.

No Brasil, para estudar Meteorologia, você pode fazer o curso técnico ou o bacharelado (curso universitário). Claro que existem diferenças de atribuições e de salário entre técnicos e bacharéis, mas estes dois profissionais trabalham com a ciência Meteorologia.

É como comparar um Técnico em Edificações e um Engenheiro Civil, por exemplo. Ambos trabalham com construção civil. As duas profissões são regulamentadas pelo CREA, porém possuem atribuições diferentes, assim como o curso técnico em Meteorologia e o Bacharelado em Meteorologia. O técnico estuda 2 anos, podendo fazer o curso concomitantemente ao Ensino Médio. Já o Engenheiro Civil ou o Meteorologista faz um curso universitário de 4-5 anos.

Curso Técnico em Meteorologia: onde cursar e mais informações

Quando escrevi o FAQ, pesquisei na página do Catálogo de Cursos Técnicos do MEC. Encontrei o Curso Técnico em Meteorologia, com uma bela descrição sobre as atribuições do profissional e sobre o conteúdo do curso, mas com um horrível erro gramatical no título:

Screenshot-1

Nota importante: os links que indiquei no parágrafo interior parece que não estão funcionando mais pois se tratam de uma versão antiga do site do MEC. Eu andei navegando no site recentemente e encontrei esse pdf onde é apresentado um catálogo de todos os cursos técnicos do Brasil. Esse catálogo menciona o Curso Técnico em Meteorologia e eu reproduzo aqui a página em que o curso é descrito:

Felizmente o MEC corrigiu o erro gramatical( falei sobre ele em minha página do Facebook). Observe que nas duas imagens é feita uma ótima descrição a respeito do conteúdo do curso de Técnico em Meteorologia. É também informado que o curso de Técnico em Meteorologia é oferecido pela Marinha e pela Aeronáutica, mas o ingresso é diferenciado (normalmente é para oficiais).

Infelizmente não encontrei uma listagem com o nome de todas as instituições que possuem cursos técnicos, mas eu encontrei essa relação dos Institutos Federais. Eu queria uma relação que envolvesse instituições privadas e públicas em todas as esferas, mas infelizmente não achei. Se você encontrar algo assim no site do MEC, nos informe nos comentários, por favor!

Vou escrever abaixo uma lista de cursos técnicos em Meteorologia baseada em minha experiência, conversando com colegas da minha área e participando de congressos. Portanto, essa lista pode estar desatualizada. Se alguém tiver algo para contribuir, se por exemplo esqueci de alguma instituição, me avisem:

UNIVAP (Universidade do Vale do Paraíba, em São José dos Campos). Minha amiga Marília fez este curso, adorou e contou a experiência dela nesse post. A UNIVAP é uma instituição privada e é possível saber um pouco mais sobre esse curso nesse texto. Só que infelizmente o curso é apenas história, pois infelizmente a UNIVAP não o oferece mais. Os cursos técnicos que a UNIVAP oferece são esses.

CEFET-RJ (Instituição Pública). A Olívia Nunes cursou Técnico em Meteorologia nessa instituição e contou a experiência dela nesse post.

IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina): Instituição Pública

– Como é dito na página do MEC, o curso também é ofertado pela Marinha e pela Aeronáutica. Essa formação é voltada apenas para militares, até onde sei.

Cada uma dessas instituições possui processos de seleção distintos (provas, concursos, etc). Ou seja: não basta chegar e fazer a matrícula. Portanto informe-se sobre o processo de seleção da instituição em que você pretende fazer o curso técnico em Meteorologia.

E vale a pena ler meu post sobre cursos técnicos, porque eu acredito que cursos técnicos são uma ótima opção para entrar no mercado de trabalho bem qualificado e começar a fazer o seu “pé de meia” logo cedo. Gosto também dessa discussão sobre cursos técnicos feita pelo Izzy Nobre, acho que vale a pena assistir suas reflexões.

Bacharelado em Meteorologia (ou Bacharelado em Ciências Atmosféricas): onde cursar?

E com relação aos cursos de Bacharelado em Meteorologia, atualmente 13 universidades oferecem este curso. São todas universidades públicas e a forma de ingressar no curso é através dos vestibulares (no caso da USP por exemplo, é através da FUVEST) e do Sisu.

–  Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Universidade de São Paulo (USP)

Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Universidade Federal do Pará (UFPA)

Universidade Federal de Campina Grande (UFCM)

Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Universidade do Estado do Amazonas (UEA)

Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA)

Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)

Lembrando que esse post é uma cópia aperfeiçoada do FAQ em que falo sobre a mesma coisa. E eu recomendo muito esse texto em que falo um pouco mais sobre os locais onde cursar meteorologia. Recomendo também o post em que falo sobre a grade curricular do curso de Bacharelado em Meteorologia, dando destaque para a grade do IAG-USP (que foi onde estudei).

Para finalizar

Eu gostaria de mais uma vez pedir paciência para os leitores recorrentes daqui do blog, porque certamente vocês estão notando uma repetição do assunto “cursar Meteorologia” ou como “ser um profissional em Meteorologia”. O objetivo é deixar a informação bem clara e atualizada para quem tem interesse em cursar Meteorologia. Recomendo também o post onde discuto se vale ou não a pena cursar Meteorologia.

Se você é ou foi aluno de uma das instituições listadas e quiser acrescentar algo, fique a vontade! A caixa de comentários está aí para isso, para fomentar discussão e melhorar ainda mais a informação apresentada.